quarta-feira, 27 de abril de 2022

Melanie Rose Clarke - Escaping The Duke

Título Traduzido: Fugindo Do Duque
Protagonistas: Priscilla Livingston e Edmund Hawkins (Duque de Bradenton)

The Secret Crusaders 01


Ignore duques poderosos que sabotam os seus planos.

Priscilla Livingston tem dedicado sua vida a causas sociais, lutando para corrigir as cruéis injustiças que o mundo ignora. Sob o disfarce de um lorde, ela envia mensagens para Edmund Hawkins, o poderoso Duque de Bradenton. Ele não sabe que seu informante é uma dama, mesmo enquanto investiga para descobrir sua identidade. Quando seu pai exige que encontre um marido, Priscilla não pode escolher Edmund, que exigiria total rendição.

Mas quando ele a pega espionando, ela pode não ter escolha.

Edmund fica intrigado com a bela dama flagrada bisbilhotando a casa de um perigoso lorde. Lady Priscilla pode atuar como a filha perfeita do duque, mas um mistério ardente queima sob a fachada impecável. Ele vê a paixão que ela não consegue esconder, a mulher espirituosa que faria dela a duquesa perfeita. Edmund vai descobrir todos os seus segredos.

Então ele a fará dele.


Eu assino a newsletter de várias autoras e numa delas veio um link com vários livros sendo disponibilizados gratuitamente (de forma legal) pelas próprias autoras. Dando uma olhadinha por lá, um deles chamou a minha atenção pela capa lindíssima: At The Duke's Command, da Melanie Rose Clarke (já resenhado aqui). Amei aquela história, li numa tacada só e descobri que a mesma introduzia uma série da autora. No final tinha um gancho interessantíssimo para esse livro aqui que logo aguçou a minha curiosidade, então não resisti e no dia seguinte já estava lendo.

A sinopse cobre bem a trama. Priscilla lidera uma sociedade feminina secreta disfarçada de grupo de costura chamada "As Distintas Damas Com Propósito", que se reúnem para lutar contra as injustiças sociais de uma forma muito peculiar. E Edmund está trabalhando com elas... sem saber. É que Priscilla e seu grupo conseguem informações vitais para as causas sociais, e ela as passa para Edmund através de cartas, sem revelar sua identidade, assinando apenas como Lorde P. Eles já se correspondem há muito tempo e acabaram ficando amigos. Mas no mundo real, quase não tinham contato. Isso é, até Edmund resolver ser casar e Priscilla figurar no topo de sua lista de pretendentes ideais. Se casar com ele é a última coisa que ela quer, pois acredita que o poderoso duque a impediria de continuar com suas atividades clandestinas. Mas só que Priscilla também precisa escolher um marido (ou seu pai lhe escolheria um) e era praticamente impossível justificar a recusa dela para uma união que, aos olhos de todos, fazia todo o sentido. Justamente por agir de forma misteriosa é que Edmund acaba ficando intrigado e obstinado a descobrir o que ela esconde. E quanto mais tempo passam junto, mais se afeiçoam, principalmente quando ela percebe o quanto ele ama e se entrega às obras sociais. Mas a determinação de Priscilla em mantê-lo fora de sua vida pode acabar impedindo-a de enxergar o verdadeiro homem por trás da aparência dominadora de Edmund, e como uma união entre eles poderia ser a realização de tudo o que ambos sonhavam e secretamente desejavam. Será que o belo duque conseguirá mostrar a ela que valia a pena confiar nele e no que sentiam um pelo outro, antes que fosse tarde demais?


Sabe aquele livro que te conquista desde o começo? E aquele casal que explode química desde a primeira interação? Temos tudo isso aqui. Os personagens são totalmente cativantes, tanto os principais, quanto os secundários. Quase todos os casais da série apareceram nessa história e eles têm tramas tão interessantes, mas tão interessantes, que se eu pudesse lia tudo ao mesmo tempo! E também adoraria ver os 3 irmãos da Priscilla ganharem suas próprias histórias (o mais velho com certeza ganhará). Eles com certeza estão escondendo algo. O que será? Além disso, se tem uma coisa que a autora sabe fazer muito bem (tem várias, na verdade, mas vale um destaque para essa aqui) é saber terminar um capítulo num momento tão crucial, que é impossível não querer ler o próximo. E mencionei que no início de cada capítulo vem as cartas que Priscilla e Edmund trocaram? (cada capítulo é intercalado com a carta de um e a resposta do outro). Eu amei demais esse detalhe, pois nos dá a dimensão da intimidade que eles construíram ao longo de cada correspondência. Me apaixonei!

Só uma coisa me impediu de dar a nota máxima para o livro: a teimosia de Priscilla em recusar Edmund, numa crença equivocada de que deveria abrir mão do homem que amava em benefício dos mais necessitados. Isso me incomodou porque estava claro que era totalmente desnecessário, já que ambos dedicavam a vida ao mesmo propósito e poderiam fazer muito mais juntos. Eu entendi os motivos dela... no começo. Mas ao longo da história, cada argumento foi caindo por terra e Priscilla continuou teimando. Também achei que demorou demais para Edmund descobrir toda a verdade, quando ela era tão óbvia, literalmente na frente dele (ok, então foram duas coisas que me impediram de dar a nota máxima). Sei que se tudo fosse resolvido logo de cara não teríamos uma história, mas tanto a teimosia de Priscilla, quanto a lentidão de Edmund em somar 1+1 e achar 2 se arrastaram por tempo DEMAIS. Praticamente o livro todo. Esse foi o problema. Não gosto muito de tudo se resolver no final do último capítulo (ainda mais se o livro não tem um epílogo, como nesse caso), pois fica super corrida a conclusão e mal dá para desfrutar do felizes para sempre. Contudo, mesmo com essa minha observação, a história é tão boa, que isso não a prejudica. Ao terminar a leitura, fiquei até tentada a dar a nota máxima, mas como aqueles pontos me incomodaram um pouco, não pude dar as 5 estrelas (no Skoob, Amazon e Goodreads).

Escaping The Duke é uma leitura muito, muito boa mesmo e eu já comprei todos os livros da autora, pois gostei demais dela. Suas histórias me lembram os romances de época que a Editora Arqueiro publica aqui no Brasil (arrisco dizer que está a altura deles, #FicaDicaEditora). Ah, como queria que mais pessoas conhecessem esse livro, para eu ter o prazer de (falar sem parar) trocar umas ideias sobre ele. Eu amei demais e é claro que eu super recomendo!



The Secret Crusaders

0.5- At The Duke's Command - Grace Kentland e Benjamin Williams (Duque de Torrance)
01- Escaping The Duke - Priscilla Livingston e Edmund Hawkins (Duque de Bradenton)
02- Captured by the Earl - Emma Sinclair e Philip Fitzgerald (Conde de Peyton)
02.5- Winter in a Regency Wonderland (na coleção Star of Light) - Sarah Hawkins e Damien Charles (Conde de Rourke)
03- The Untamed Duke - Sophia Hawkins e Kenneth Macleod (Duque de Foxworth)
04- Blackmailing The Duke - Hannah Breckenridge e Michael Colborne (Duque de Crawford)
05- Título Não Divulgado - Catherine Fitzgerald e Alexander Livingston (Duque de Everly)

*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

2 comentários :

  1. Oi, Suelen. Como vai? Que bom que gostou da obra. Parece ser muito agradável. A capa está muito bonita. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito boa mesmo. E tb achei essa capa lindíssima! 😍

      Excluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a     :b     :c     :d     :e     :f     :g     :h     :i     :j     :k     :l     :m     :n     :o     :p     :q     :r     :s     :t     :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates