segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Julia Quinn - An Offer From a Gentleman (Um Perfeito Cavalheiro)

Título Traduzido: Uma Oferta de Um Cavalheiro
Título Publicado No Brasil: Um Perfeito Cavalheiro (Editora Arqueiro)
Protagonistas: 
Benedict Bridgerton e Sophie Beckett

Os Bridgertons 3

Será que ela aceitará a oferta dele antes que o relógio bata à meia-noite?

Sophie Beckett nunca sonhou que seria capaz de entrar sorrateiramente no famoso baile de máscaras de Lady Bridgerton — ou que o "Príncipe Encantado" estaria esperando por ela! Embora filha de um conde, Sophie foi relegada ao papel de criada pela sua arrogante madrasta. Mas agora, girando nos braços fortes do elegante e devastadoramente belo Benedict Bridgerton, ela se sente como da realeza. Infelizmente, Sophie sabe que todos os encantamentos devem terminar quando o relógio bate à meia-noite.

Quem era aquela mulher extraordinária? Desde aquela noite mágica, uma visão radiante de prata cegou Benedict para os atrativos de qualquer outra — exceto, talvez, daquela atraente e estranhamente familiar beleza vestida com trajes de empregada, a quem ele se sente compelido a resgatar de uma situação muito desagradável. Ele havia jurado encontrar e casar com sua dama misteriosa, mas esta estonteante empregada o deixa fraco de desejo por ela. No entanto, se Benedict oferecer o seu coração, será que ele sacrificará a sua única chance de um amor de conto de fadas?


Sophie Beckett era a filha bastarda de um conde, que nunca fora reconhecida nem como isso. À princípio, era tratada como sua protegida, mas após a morte dele, passou a ser tratada como criada pela madrasta. Melhor dizendo: como escrava. Procurando ser outra pessoa, pelo menos por uma noite, ela foi ao baile de máscaras dos Bridgertons... e acabou encontrando o amor em Benedict. Fora tudo tão perfeito, desde a primeira troca de olhares até o primeiro beijo. Mas a meia-noite não demorou a chegar, e ela teve que ir embora, sem revelar a ele o seu nome. Nunca daria certo, de qualquer forma. Pelo menos Sophie tinha uma lembrança para acompanhá-la pelo resto de sua vida.
Desde o baile de máscara onde conhecera o amor de sua vida, dois anos atrás, Benedict Bridgerton nunca perdera a esperança de reencontrar sua bela do vestido prateado. Mas todas as suas tentativas de achá-la — ou de, pelo menos, descobrir sua identidade — fracassaram. Ele tinha certeza de que nunca mais sentiria o mesmo que sentira naquela noite... até conhecer Sophie, uma criada a quem resgatara de uma situação que poderia ter sido trágica. Havia algo estranhamente familiar e envolvente nela, que não o permitia se afastar. Mas deixá-la se aproximar tanto de seu coração poderia significar o fim definitivo de sua busca pela sua dama misteriosa. Dividido entre se agarrar ao sonho do passado ou à realidade que estava bem a sua frente, o que ele faria quando descobrisse que ambos envolviam não duas, mas a mesma mulher?


Eu comprei todos os livros dessa série em inglês em 2012, antes deles serem lançados aqui no Brasil pela editora Arqueiro, mas somente em 2018 é que comecei a lê-los (eu sei, eu sei, nem comentem, rsrs...). Apesar da série toda agora estar completa em português, optei por ler os meus exemplares em inglês mesmo, e são nessas versões que minhas resenhas estão baseadas.

Confesso que custei um pouco a começar a ler esse livro. Primeiro, porque eu havia acabado de ler o livro anterior da série (O Visconde Que Me Amava) e me apaixonei tanto por ele, que eu simplesmente não conseguia ler mais nada (sim, DPL das grandes, senhoras e senhores); e segundo, porque esse livro é baseado na Cinderela e, sendo assim, eu já sabia que teria uma boa dose de drama, além do fato de ser dividido em duas partes, com uma passagem de tempo de dois anos entre elas. Como não sou fã de dramas, nem de passagem de tempo (de anos) que não sejam no epílogo, acabei enrolando para começar a leitura. Quando finalmente comecei, já foi para me deparar com a sofrência da mocinha. Não pude evitar ficar desanimada, mas sendo Julia Quinn e sendo os Bridgertons, resolvi encarar. Para me animar mais um pouco, minha irmã me falou para continuar lendo, porque a coisa iria melhorar. E não é que melhorou mesmo?

Para ser justa, eu já estava gostando do livro mesmo com a sofrência e todo aquele drama do começo, pois tanto Sophie, quanto Benedict são personagens incríveis. E quando cheguei na segunda parte — e a história começou de verdade — me apaixonei de vez! Não conseguia mais largar o livro. Estava doida para ver o reencontro, para saber se ele a reconheceria, como a reconheceria, como iriam fazer para superar as diferenças sociais entre eles e, finalmente, vê-los felizes para sempre. Quando comecei a ler e detectei que nesse livro tinham várias coisinhas que eu geralmente não curto nos romances, já fui tirando conclusões precipitadas (momento vergonha alheia) e pensei: "o desenrolar dessa história terá que ser muito bom pra conseguir prender a minha atenção". Só digo uma coisa: superou todas as minhas expectativas. Sophie passou por poucas e boas, mas não se tornou uma pessoa amarga por causa disso. Pensa numa mocinha super do bem? É ela! Benedict também é um homem maravilhoso. Mesmo me irritando um pouquinho com aquela proposta dele, consegui entender a forma como ele via as coisas — ainda mais se levarmos em consideração a época em que se passa a história (no ano de 1817). E, no final das contas, Benedict mais do que se redimiu. Ah, como eu estou amando esses Bridgertons!

Falando nessa família, não posso deixar de destacar a matriarca Violet. Eu, que já era fã dessa mulher, fiquei ainda mais apaixonada nesse livro. Depois de ler a cena extra então... (veja abaixo, na curiosidade nº 2) minha admiração por ela ultrapassou todos os limites! Foi legal também ver um pouco mais dos outros irmãos Bridgertons, principalmente as meninas solteiras. Mal posso esperar para ler os livros desse povo todo! Ok, alguns eu tenho certo receio (livros 6 e 8) como tive nesse aqui, pelo mesmo motivo de ter coisas lá que não curto muito nos romances, mas isso é coisa para outra resenha, rsrs... E por último, uma menção honrosa para Posy, meia-irmã de Sophie (uma delas), que já dava sinais de ser uma boa pessoa e que mostrou todo o seu valor quando se fez mais necessário. Palmas para ela!

SEGUNDO EPÍLOGO: Falando na meia-irmã Posy, o segundo epílogo desse livro foi focado nela. É claro que podemos acompanhar aqui como estão Sophie e Benedict após 3 anos de casados, mas a história é dedicada ao merecido final feliz de Posy. Por ser um conto bem pequeno, as coisas aconteceram rápido demais. Eu adoraria poder ver um pouco mais de romance e interação entre o novo casal. Mesmo assim, não deixou de ser uma história legal.

Duas curiosidades: 1) A misteriosa Lady Whistledown, em uma de suas colunas, cita dois mocinhos da Julia Quinn: o Duque de Ashbourne (Alexander Ridgely) e o Conde de Macclesfield (Robert Kemble), protagonistas de Splendid (Série Splendid 01) e Mais Lindo Que a Lua (Irmãs Lyndon 01), respectivamente; e 2) Quando a autora estava escrevendo E Viveram Felizes Para Sempre (The Bridgertons: Happily Ever After), com os segundo epílogos e o conto extra da Violet e Edmund, ela reescreveu a cena final desse livro 3 aqui, aquela da comoção toda envolvendo Violet, Benedict, Sophie, sua madrasta e Posy (a salvadora), só que sob o ponto de vista da Violet. Acontece que essa cena extra (ou cena recontada) nunca chegou a ser publicada, mas a Julia Quinn a disponibilizou em seu site. Apesar de constar como cena deletada de "E Viveram Felizes Para Sempre", na prática é um extra de "Um Perfeito Cavalheiro". A cena, que já era maravilhosa, ficou incrível! E me fez amar e admirar ainda mais a matriarca Violet! O texto está em inglês, mas vale a pena conferir. Eu adorei! Clique aqui para ler.

An Offer From a Gentleman (Um Perfeito Cavalheiro) foi um livro que me surpreendeu demais. Eu não esperava gostar tanto da história como gostei, muito menos que ela se tornaria uma das minhas favoritas. É muito bom quando um livro te pega de surpresa, positivamente. Alguma dúvida de que é Super-Hiper-Ultra-Mega-Power recomendado?!


E se quiserem acesso a mais materiais e informações extras sobre o livro, não deixem de conferir o site da Editora Arqueiro e o site oficial da autora. Está cheio de coisas legais por lá!


Os Bridgertons:

1- O Duque e Eu (The Duke And I) - Daphne Bridgerton e Simon Basset
2- O Visconde Que Me Amava (The Viscount Who Loved Me) - Anthony Bridgerton e Katherine Sheffield
3Um Perfeito Cavalheiro (An Offer From a Gentleman) - Benedict Bridgerton e Sophie Beckett
4- Os Segredos de Colin Bridgerton (Romancing Mr. Bridgerton) - Colin Bridgerton e Penelope Featherington
5Para Sir Phillip, Com Amor (To Sir Philip, With Love) - Eloise Bridgerton e Phillip Crane
6- O Conde Enfeitiçado (When He Was Wicked) - Francesca Bridgerton e Michael Stirling
7- Um Beijo Inesquecível (It's In His Kiss) - Hyacinth Bridgerton e Gareth St. Clair
8- A Caminho do Altar (On The Way To The Wedding) - Gregory Bridgerton e Lucinda Abernathy
9- E Viveram Felizes Para Sempre (The Bridgertons: Happily Ever After- segundos epílogos + conto especial


Capa Nacional:


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

16 comentários :

  1. Oi Su! Este irmão comparado com o Visconde é meio lento, mas a história deles é tão linda. Eu adoro esse livro e acho que quem roubou a cena foi a mamãe Bridgerton.Se não fosse ela...Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, com certeza! Violet foi espetacular nesse livro! ♥

      Excluir
  2. Amei seu post, Suelen. Sempre vejo muitos comentários positivos sobre os livros da Julia, ainda não li nenhum, mas quero!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, a Julia Quinn foi a responsável por me fazer ler romances de época. Antes disso, eu tinha pavor. Passava longe mesmo, kkkk

      Excluir
  3. Oi Suelen, tudo bem?
    Ótima dica, Julia Quinn é sempre bem vinda neh!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  4. Oi Su
    Eu já li esse livro e achei muito fofinho!!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  5. ola embora adore romances de epoca nunca li nada da autora tenho essa coleçao mas vai até o numero 6 ainda não consegui completar a coleçao ,gostaria de ler algum livro dela mas que fosse unico VOCE PODERIA me indicar? AH ADORO quando voce posta livros da nova cultural especialmente os classicos historicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliane. A autora não tem livros únicos, mas eu te indico o "Mais Forte Que O Sol". Ele é o primeiro de uma duologia, mas nem precisa ler o segundo se não quiser (mas se quiser, vai gostar tb, hehe). O livro é super divertido e as histórias são independentes. :d

      Excluir
  6. Thank you for sharing dear.

    NEW ON MELODY JACOBS BLOG:
    https://www.melodyjacob.com/2019/01/7-reasons-why-your-website-needs.html

    ResponderExcluir
  7. eu adoro esse romance! Esse ar de conto de fadas me encantou, Julia sabe como criar um enredo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Su, tudo bem?
    Adoro ler as resenhas dessa série. Pena que ainda não consegui vencer a preguiça para conhecê-la. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu levei anos tb, kkkkk. A adaptação pra Netflix é que acelerou a leitura aqui, hehe! :j

      Excluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates