terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Diana Palmer - Longo Verão Texano 3 - Jobe

Título Original: A Long, Tall Texan Summer - Jobe
Protagonistas: Jobe Dodd e Sandy Regan

Série Homens do Texas 16
Longo Verão Texano 3


A autora de best-sellers do New York Times, Diana Palmer, revisita uma história clássica de um rancheiro mulherengo que finalmente se apaixona!

Ninguém espera que o arrasador de corações Jobe Dodd se estabeleça e arrume uma esposa. Sandy Regan, sua antagonista de longa data, toma isso como um desafio. Ela está determinada a tornar o rude texano dela, agora e para sempre. Enquanto Sandy e Jobe trabalham juntos no limite, inesperadas faíscas voam e incendeiam a paixão. Conseguiria ela laçar o endurecido coração do caubói para sempre?

Originalmente publicado em 1997 como Jobe em A Long Tall Texan Summer


Outros personagens de Diana Palmer que aparecem ou são citados aqui:


Essa é uma história bem curtinha da Diana Palmer que, originalmente, foi lançada no livro "A Long, Tall Texan Summer" juntamente com outras duas histórias. Eu li há bastante tempo, antes de ter o blog, e confesso que não lembrava muita coisa da história — principalmente do mocinho ser um machista tão babaca. Jobe Dodd trabalha no rancho de Ted Regan, irmão da mocinha. Sandy Regan está lá para informatizar toda a operação no rancho de seu irmão, pois ela é, assim como eu, uma cientista da computação. Tenham em mente que o livro foi lançado em 1997 e a informática não era tão acessível como é hoje. Jobe não entende nadinha de computadores e, em vez de querer crescer e aprender, resolve menosprezar e diminuir Sandy a cada oportunidade, como se fosse um crime ela ser mulher E SER inteligente, ou que fosse um absurdo uma mulher querer uma carreira. Ele é desnecessariamente cruel e preconceituoso, só gosta de mulheres "frágeis" que inflem o seu ego (está no livro, não sou eu que estou dizendo). Tanto é que o irmão da mocinha contrata uma secretária que beija o chão que Jobe pisa, só pra que ele se sinta melhor por Sandy saber algo que ele não sabe. Não que Jobe seja burro, nem nada do tipo. Ao contrário, ele é muito bom em genética. Mas não admite que Sandy saiba algo que ele não saiba, e não se conforma por ela ter ido à faculdade e que queira investir em sua carreira.

O interessante é que todo o comportamento de Jobe é justificado no livro como um trauma relacionado a sua mãe, uma cientista brilhante que abandonou a família porque nem o filho, nem o marido caubói não eram bons o suficiente para ela. E a desculpa para as grosserias e ataques gratuitos a Sandy é que Jobe sempre foi apaixonado por ela, desde que fora trabalhar para os Regans há 10 anos. Olha a lógica do cidadão:
"Se eu te amasse menos, nunca teria atormentado você. Nós só machucamos aqueles que amamos (...)".
- Capítulo 05
Quando li isso fiquei tipo: "Oi??? Então me ame menos, faz favor", porque eita mocinho pra ser tão desagradável em tão poucas páginas de história! O livro só não foi um desastre por causa de Sandy, que é uma mocinha porreta que não ouve desaforo calada, nem tolera ser insultada e desrespeitada debaixo de seu próprio teto. Aliás, se o rancho fosse só dela, Jobe já teria sido demitido há muito tempo, como a mulher sempre deixava claro. E sim, ela joga umas verdades na cara dele que o fazem ficar pianinho depois. Ah, e a secretária periguete??? Sandy arrasou colocando a cidadã no seu devido lugar! Palmas para ela!

Jobe foi uma história que não desandou porque tem uma mocinha nota 10. Eu confesso que torci para Sandy ficar com o chefe bonitão e super educado dela, mas tudo bem. Depois que Jobe resolveu deixar de ser bobo, até que formaram um casal legal. Pena que aí o livro acabou, kkkkk. Se eu recomendo? Claro, mas se preparem para passar raiva com o mocinho, hehe!

Para saber mais sobre a série "Homens do Texas" e os livros/séries conectados à ela, bem como a ordem de leitura de todos elesclique aqui.



Série Homens do Texas:

Relação atualizada dos livros da série nesse link aqui.


Capas Originais:

 
*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

24 comentários :

  1. Oi, Su! Caramba, que porre esse moço. É ruim quando o cara age que nem um idiota e nos faz desejar que a mocinha fiquei com outro. Pelo visto é uma leitura de paciência, ainda bem que depois você acabou aceitando o casal. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E haja paciência mesmo. Ainda bem que a mocinha salva a história! :j

      Excluir
  2. Oi Suelen.
    Mais um dos mocinhos ogros da autora! rsrsr
    Eu acho que teria que estar numa fase muito zen para conseguir ler este livro sem ter vontade de jogar na parede. rsrsrs
    Ótima resenha como sempre.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que mesmo zen Jobe ainda daria nos nervos de qq um, kkkkk

      Excluir
  3. Excelente Artigo !! Eu estou adorando visitar blog, sempre tem conteúdo de muita qualidade .... São muitos legais, e interessante ....

    Parabéns !!!!

    Posso compartilhar este artigo no meu Facebook ?


    Meu Blog: Apostar em Loterias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada!
      Pode compartilhar sim, é só colocar os créditos, hehe! :d

      Excluir
  4. desde que eu possa xingar o mocinho muito muito claro que quero ler, estou virando fã da Diana mais ainda
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha Suelen. Ainda não li nada da Diana Palmer, mas só ouço excelentes comentários sobre a autora. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou fã (mesmo quando os mocinhos me tiram do sério, kkkk).

      Excluir
  6. Oi Su, tudo bem?
    Gostei da resenha e acho que concordaria com você sobre o mocinho. Não curto grosseria e esse lance de "passado difícil" pra mim não justifica.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Os livros da Diana estão atraindo muitos comentários positivos, ainda não li nenhum. Mas vou tentar explorar esse!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa agora, Suelen! Será que o tal chefe bonitão da Sandy tem estória própria? Adorei a resenha! Bjss

    ResponderExcluir
  9. kk Sempre tem um machista babaca. Pelo o que contou ela deveria ter ficado com o chefe mesmo. Ninguém merece um embuste em sagrado matrimônio. Sério, ninguém. Principalmente um que te menospreza só por ser inteligente e independente. Haja paciência...

    Tenha um bom fim de semana ^^

    Abraços!

    Ruby W.

    newsfallenbooks.com
    Instagram: @blogfallenbooks

    ResponderExcluir
  10. Olá Su,
    Eu gosto muito dos livros da Diana Palmer, mas acho que não li este ainda porque iria ficar irritada.
    Minha mãe tem vários livros dela guardados, vou deixar anotado para evitá-lo, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vantagem é que ele é pequeno, então a gente passa raiva por pouco tempo, kkkkk

      Excluir
  11. Artigo interessante este que acabei de ler aqui em seu blog, estou acompanhando seus artigos alguns dias e são muitas informações interessante gostei.
    Blog Noticias da Web

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates