segunda-feira, 15 de abril de 2019

Diana Palmer - The Rancher's Wedding

Título Traduzido: O Casamento do Rancheiro
Protagonistas: JL Denton e Cassie Reed


História publicada no livro "
Marrying My Cowboy"


Quando um rancheiro viúvo do Colorado que está no vermelho se encontra com uma roteirista que virou garçonete perseguida pelo escândalo, eles unem seus talentos — e seus corações. Mas será que as notícias da primeira página abafarão as faíscas que voam entre eles?


Antes de mais nada, essa sinopse está toda errada. Sim, o mocinho é rancheiro, mas não, ele NÃO é viúvo. Ele foi noivo, mas rompera o noivado há pouco tempo. E NÃO, ele não está no vermelho. Céus! O homem é podre de rico. Deve ser um dos mocinhos mais ricos da autora, e os negócios estão se expandindo. E não é bem a mocinha que está sendo perseguida pelo escândalo. Mas foi por causa dele que ela estava vivendo onde (e como) estava, então esse aí até que está valendo. E finalmente, eles não "unem seus talentos". Ele é rancheiro, ela é roteirista que virou garçonete. Não há nada ali pra juntar, em relação a talentos, já que eles são bem distintos. Só uniram os corações, mesmo. A seguir, tem uma sinopse feita por mim.


Um escândalo abalara toda a família de Cassie Reed. Como consequência, ela e seu pai se refugiaram em Benton, Colorado. Longe da sua vida de glamour, ela agora trabalhava como garçonete, enquanto escondia de todos a sua verdadeira história. Até que um dia, uma mentira disfarçada de brincadeira de mal gosto a levou até um rancho, onde conheceu o homem que mudaria para sempre a sua vida.
JL Denton rompera seu noivado por culpa de seu maldoso primo, e agora o canalha aprontara novamente, enviando uma desconhecida ao seu rancho através de uma mentira. Felizmente, a história rapidamente fora esclarecida, mas ele não conseguia tirar a bela garçonete de sua cabeça. JL não estava pronto para um novo relacionamento, mas não conseguia se manter afastado de Cassie. A cada momento que passava ao lado dela, mais percebia o quanto eram perfeitos juntos. Talvez dar um próximo passo não fosse uma ideia tão ruim assim.
Contudo, o passado recente do qual Cassie fugira ameaçava alcançá-la. JL já fora muito magoado por mentiras em seu passado e ela temia sua reação se ele descobrisse toda a verdade. Ironicamente, fora exatamente uma mentira que os unira. Poderia uma mentira separá-los também?

The Rancher's Wedding é a história mais recente da Diana Palmer, lançada no livro Marrying My Cowboy no final de março/2019. Assim como The Snow Man, essa história aqui é um stand alonenão se passa no Texas (ambas se passam no Colorado, mas em cidades diferentes, sem nenhuma ligação uma com a outra), é independente e não tem nenhuma ligação com nenhuma outra história da titia Palmeirão (repararam que nem coloquei o famoso quadro com personagens de outros livros citados aqui? É porque não teve nenhum mesmo). E assim como aquela, essa história se passa numa cidade pequena, tipo Jacobsville, onde todo mundo sabe tudo sobre o outro. Poderia facilmente ser o início de uma nova série (quem sabe algo do tipo "Homens do Colorado"?!), pois tanto Benton, quanto Raven Springs (onde se passa The Snow Man) estão cheias de personagens interessantes, dignos de protagonistas "DianaPalmerianos". #Oremos

Essa história me conquistou logo no começo. Cassie havia passado por maus bocados, mas tinha um senso de humor incrível. JL também tinha, além de ser um fofo muito protetor. Os dois ficaram tão bem juntos, que eu estava com medo de algo dar errado — principalmente porque a mocinha estava mentindo pro mocinho sobre o seu passado, e isso geralmente não acaba bem nos livros da autora (ainda mais quando o mocinho ressalta o tempo todo o quão honesta a mocinha é). Mas fui gratamente surpreendida. Claro que alguma coisa tinha dar errado, mas não foi tanto quanto eu esperava, porque no final das contas, JL não era um ogro. Na verdade, ele era um amorzinho, e desde o começo deu sinais disso. Cassie, a mocinha, também foi incrível! Ótimo senso de humor e sem vocação para ser capacho — ou se deixar ser maltratada por quem quer que fosse. Ela era faixa preta em tae kwon do e não pensou duas vezes em usar as suas habilidades no vilãozinho nojento. E também não se calou quando armaram para ela. Falou tudo o que precisava ser dito e saiu sem fazer cena. Deu a volta por cima e refez (ou melhor, reconquistou) a vida. Poderosa! Ah, eu adorei!
— Você roubou meu coração, quando eu não acreditava que ainda me restasse um. Se eu tivesse te perdido, nunca mais poderia ter voltado para casa, sabe, — JL acrescentou solenemente. — Eu teria me tornado um andarilho pelo resto da minha vida, sem raízes, inútil.
Capítulo 11
Esse é um ótimo livro para se ler quando quiser relaxar a mente. Uma história que, apesar da situação dramática que norteou os acontecimentos, conseguiu manter um tom leve e até divertido. Sem falar dos personagens secundários incríveis que apareceram aqui. Anotei o nome de vários deles no meu arquivo, torcendo para que um dia ganhem seus próprios livros também. Super-Hiper-Ultra-Mega-Power recomendado!



*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

24 comentários :

  1. Amei sua resenha, gosto tanto de histórias assim, já quero conhecer essa!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Achei meio chato 😴 mas vc escreveu de uma forma contagiante, porém continuo achando chato
    O cauboi vai te pegar kkk 🎶

    ResponderExcluir
  3. https://teckafanfics22.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Suelen, morrendo de rir dessa sipnose muito louca, que não tem nada a ver com a história. Hahaha! Beijo, beijo :*

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  5. Acho que hoje você teve recorde dr comentários
    Isso prova a popularidade de Diana Palmer e as suas resenhas sempre sinceras

    ResponderExcluir
  6. Oi Su! Tomara que venha uma série para os fãs com todos os personagens que você gostou. Que bom que curtiu o livro. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oie Su =)

    Acho que por não curtir muito cowboys, ainda não dei oportunidade aos livros da Diana Palmer. Sempre leio resenhas positivas dos livros da autora, mas infelizmente nenhuma me deixou curiosa. Pelo menos não ainda rs...

    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu tb não gostava de livros com cowboys. Passei a amar com a titia Palmeirão, hehe! :j

      Excluir
  8. Que saudade de ler Diana Palmer!
    Oi Su, ainda não li esse livro, mas vou procurar aqui em casa, porque minha mãe tem vários da autora.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como mencionei na resenha, esse foi lançado há pouco tempo nos EUA. Só tem em inglês.
      Foi bem legal, gostei demais! ♥

      Excluir
  9. Terminei a leitura ( meu primeiro Titia Palmeirão em inglês). Gostei do livro e também adorei o senso de humor da Mocinha. Mas acho que gostaria mais se o mocinho fosse Ogro ( amo os mocinhos cavalgaduras da DP).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ÊêÊêÊê!!!! :n
      Ahhh, eu fiquei feliz de não ser ogro, porque os últimos, meu Deus! Estavam quase intragáveis! :i :c

      Excluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates