quarta-feira, 22 de junho de 2016

Loretta Chase - O Último dos Canalhas

Título Original: The Last Hellion
Protagonistas: 
Lydia Grenville e Vere Mallory (Duque de Ainswood)

Scoundrels 4

O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.

Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.

Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.

Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


O primeiro encontro de Vere, duque de Ainswood, com Lydia não foi nada convencional. Ele a pegou num mal momento, em que tentava salvar uma jovem inocente das garras da pior cafetina de Londres e, no meio de toda aquela confusão, acabou sobrando pra ele, que apanhou da moça. Começava aí uma relação de amor e ódio que só poderia acabar em tragédia... ou no altar. Vere era um nobre libertino e Lydia era uma repórter que estava longe de ser uma dama: bebia, fumava charuto e ainda xingava. Mas certos acontecimentos acabaram unindo esse casal improvável. E em meio a invasões a bordéis, sequestros e luta com perigosos bandidos armados, eles irão descobrir que o maior risco que correrão é o de se apaixonar.


Desde que li O Príncipe dos Canalhas fiquei ansiosa para conferir a história de Ainswood. Eu já sabia que ele era um canalha e também sabia que Lydia não era uma mocinha de levar desaforo pra casa. E cada vez que os dois se encontravam, faíscas voavam. Vere mantinha aquela fachada de não me importo com nada além de mim mesmo, mas dá pra ver o quanto ele era apegado ao priminho, que morrera ainda criança. E o quanto ele se preocupava com Lydia quando ela saía para fazer suas investigações perigosas. Seus atos altruístas contradiziam suas palavras despreocupadas. E Lydia se via cada vez mais fascinada por ele.


Se tem uma coisa que não se pode acusar o livro é de ser parado. Várias coisas vão acontecendo no decorrer da história, mas sem deixar a trama confusa, pois tudo é interligado. E os personagens secundários são show. Destaque para Bertie Trent, o irmão da Jessica Trent. Ele está mais adorável do que nunca e, quem sabe, não encontre o seu final feliz também?!  Além dele, não posso deixar de mencionar o casal Dain e Jessica, que dão o ar da graça por aqui, as primas de Vere e, claro, Susan, a cachorra de Lydia que rouba a cena sempre que aparece. Tudo isso regado a muita "Rosa de Tebas", um romance publicado periodicamente no jornal que faz o maior sucesso por lá e que ninguém sabe quem é o autor. Ah, mas era questão de tempo até todos descobrirem.

E já que estou falando de personagens secundários, aqui vai uma curiosidade: no capítulo 10, página 148 Vere fala com Lydia: "Sabia que a prima do Trent, a jovem esposa do conde de Rawnsley, está construindo um hospital moderno em Dartmoor?"A tal prima é Gwendolyn Adams. Ela e o conde Rawnsley são os protagonistas do conto The Mad Earl's Bride, que se passa entre os livro O Príncipe dos Canalhas e O Último dos Canalhas. Lá conta toda essa história de hospital e como ela conseguiu tal proeza, sendo mulher. Vale a pena ler também, porque é uma história muito boa, mesmo curtinha.

Muitos me diziam que esse livro era óóótimo, mas não tão bom quanto seu antecessor. Eu arrisco a dizer que gostei ainda mais desse livro do que de O Príncipe dos Canalhas, e isso quer dizer muita coisa, já que sou a-pai-xo-na-da pela história do Dain e da Jessica. Ambos os livros são leituras incríveis, que valem muito a pena conferir. Super-Hiper-Ultra-Mega-Power recomendado, esse eu assino embaixo!

E para saber mais detalhes sobre a série, ordem cronológica e relação entre os livros, leia a resenha de O Príncipe dos Canalhas. Lá faço uma explicação bem detalhada e respondo duas importantes questões sobre o livro pertencer ou não a uma série, bem como a ligação entre as histórias e seus personagens. 


Scoundrels:

1- The Lion's Daughter - Esme Brentmor e Varian St. George (Lord Edenmont)
2- Captives Of The Night - Leila Beaumont e Ismal Devina (Conde D’Esmond)
3- O Príncipe dos Canalhas (Lord of Scoundrels) - Jessica Trent e Sebastian Ballister (Marquês de Dain)
3.5- The Mad Earl's Bride - Gwendolyn Adams e  Dorian Camoys (Conde de Rawnsley)
4- O Último dos Canalhas (The Last Hellion) - Lydia Grenville e Vere Mallory (Duque de Ainswood)


Capa Original:


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

20 comentários :

  1. o que eu mais gosto nesse livro é a construção de Lydia! ela é ousada e atrativa, feminina apesar de negar e carrega aquele ar feminista de luta e avanços tão atuais
    o que também gosto é que os mocinhos de Loretta tem passado e são imperfeitos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Exatamente. E todas essas "imperfeições" deixam a história per-fei-ta! :s

    ResponderExcluir
  3. Ou! Eu gostei mais deste também, o casal é empolgante e não poderia ter me divertido mais. Adoro as mocinhas da autora, que são bem independentes.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Ah, bom saber que não fui a unica a gostar mais desse aí, hehe! E os dois juntos são tão incríveis qnto o Dain e a Jessica.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Suelen! Já li O Príncipe dos Canalhas e amei! Estou ansiosa para ler O Último dos Canalhas! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Nessa, vc vai amar o livro! Entrou pra lista dos favoritos!

    ResponderExcluir
  7. Ei Suelen

    Eu adorei os dois livros, mas gostei até mais desse segundo.
    Ah uma coisa, esses casais dos livros 1 e 2 não aparecem nos livros 3 e 4 ne? não lembro deles no livro.
    Legal isso do conto, não sabia.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Li O príncipe dos Canalhas e amei. Sua resenha me deu vontade de voltar a ler Loretta.

    Super Beijo.
    Juliana.
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
  9. Fernanda, o casal do livro 2 aparece no livro 3. A mocinha Leila Beaumont ainda é casada com outro (a ordem cronológica está uma bagunça mesmo). Ela é aquela pintora famosa casada com aquele sem vergonha do Beaumont. Ainda nesse livro 3 tb aparece o Conde D’Esmond, futuro par da Leila. Ele é um dos amigos do Dain, e já dá pra notar que é apaixonado pela Leila. E no livro 4 só aparece o Beaumont, o marido sem vergonha da Leila. :d

    Juliana, se vc tiver a chance, leia esse livro tb. Vc vai amar! :j

    ResponderExcluir
  10. Oi Su!!

    Eu gostei mais do Belzebu e da Jess, mas não posso dizer que não gosto de O último dos canalhas porque a Loretta é uma das minhas autoras de romance de época preferida!! Ao todos os personagens dela, já li he Mad Earl's Bride e adorei!! E estou terminando Sedução da Seda e amando! Enfim, sou super fã rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Su, ninguém merece um livro paradão do início ao fim, né?Ainda bem que esse é adrenalina até o leitor se cansar rs.
    Fiquei curiosa para ler.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Michele, eu tenho curiosidade de conferir esse mais novo dela, mas tenho medo de pegar raiva do mocinha, rsrs... Acho que só lendo pra saber, né?! :i

    Naty, eu amei o livro e recomendo. Se tiver a chance de ler, leia-o! :j

    ResponderExcluir
  13. Eu estou com você, gostei muito de "O principe dos Canalhas", mas gostei ainda maaaaiiisss de "O último dos canalhas", achei perfeito!!! São realmente leituras INCRÍVEIS! Eu ri muito com esse livro e também me emocionei, porque sou dessas!

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  14. Fiquei feliz em saber que eu não estou sozinha em minha preferência por esse livro. Os 2 são maravilhosos, mas esse aí me conquistou ainda mais! ♥

    ResponderExcluir
  15. ooi!
    tô louca pra ler esse livro já faz algum tempo, e o fato de ser de época me agrada muito! bjs xxx
    lendocomela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá Suelen.

    Eu li este livro e simplesmente amei, pena não ter tido a oportunidade de ler toda a serie.
    Adorei a resenha, ficou bem clara para quen não leu os demais livros.

    Beijos e boa semana.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Su, menina, tô com você esse ainda é melhor que o primeiro. Embora tenha adorado o Dain o Vere me conquistou mais rápido. Susan é uma graça e o que dizer de uma mocinha tão intrépida??? Irresistível e inesquecível. O melhor livro que li da Loretta. =)
    Vou procurar esse conto para ler.
    Abraço.

    Minha Velha estante

    ResponderExcluir
  18. Ai, meninas, pra quem não leu, eu digo: leiam! E pra quem leu, repitam comigo: VIDA LONGA AO VERE!!!!! :s

    ResponderExcluir
  19. Eu quero muito ler os livros da Loretta, mas estou tentando focar em fantasia no momento. Mas assim que terminar essa minha maratona temática (e ler o ultimo da Julia Quinn) acho que vou acabar lendo essa saga.
    Beijinhos
    Pryh
    *~Lírios Ao Mar~*

    ResponderExcluir
  20. Ah, eu tenho certeza que você vai gostar desses canalhas. Pode ler sem medo!

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates