segunda-feira, 20 de junho de 2016

Delaney Cameron - Finding Allie

Título Traduzido: Encontrando Allie
Protagonistas: 
Allie Simon e Nicholas Ashton

O desespero leva Allie Simon a fazer algo que normalmente não teria feito. Uma mulher de sangue nobre não se oferece a um estranho. Se isso acontecer, deve estar disposta a aceitar as consequências. Mas e se entre essas consequências estivesse uma que ela não havia esperado?

Nicholas Ashton sabe muito bem o que o aguarda em Waverton: casamento e o inevitável herdeiro. Por isso, fica mais do que feliz em retardar sua chegada, aceitando um convite de um velho amigo para passar algumas semanas em Groome Hall. Quando ele é jogado (literalmente) no caminho de Allie, começa a suspeitar que a sua até então calma e organizada vida pode nunca mais ser a mesma.

Allie e Nicholas podem estar determinados a esquecer o primeiro encontro nada ortodoxo deles, mas o destino tem outras ideias. E desde quando lutar contra o destino era uma tarefa fácil?


Allie Simon era de família nobre. Sua mãe morrera quando era muito nova e seu pai havia morrido semanas atrás. Sendo filha única, todas as posses de sua família passaram para seu horrendo primo, que não pensou duas vezes em expulsá-la da propriedade com basicamente as roupas do corpo. Mas era época do festival das virgens, onde uma virgem poderia abordar um homem para que ele se tornasse seu marido. Allie sempre achara o festival absurdo, mas situações desesperadas pediam medidas desesperadas. Quem sabe não conseguisse um marido que lhe salvasse de sua tragédia pessoal?
Nicholas Ashton cavalgava em direção a casa de seu amigo quando, na escuridão da noite, em meio a chuva, no meio da estrada, surgiu um vulto. Ao parar abruptamente seu cavalo, ele acabou sendo arremessado do animal, só para descobrir que o vulto era, na verdade, uma jovem mulher. Nicholas não era ingênuo a ponto de acreditar na louca história dela sobre o festival das virgens. Provavelmente era alguém que queria se dar bem às suas custas, por isso a deixou por lá mesmo. Contudo, o destino insistia em colocá-la em seu caminho a todo o momento e seria apenas uma questão de tempo até que ele descobrisse toda a sua real história. E, então, suas vidas nunca mais seriam as mesmas...

Esse livro estava disponível gratuitamente na Amazon e fiquei atraída pela sinopse. Como ele era pequeno (apenas 9 capítulos), o peguei para ler. O começo foi bem legal, Allie e Nicholas tiveram um péssimo primeiro encontro, uma péssima primeira impressão e a última coisa que queriam era voltar a se ver. Mas ele sempre aparecia, e justamente quando ela mais precisava. Sair em seu auxílio virou quase uma ocupação em tempo integral para ele, principalmente depois que a moça foi trabalhar justamente na casa do amigo a quem Nicholas estava indo visitar. Daí em diante o livro foi uma mistura de ruim com bom, que pra vocês entenderem terei que soltar alguns spoilers. Nada muito comprometedor, nem nada que vá estragar a leitura. Em todo caso, se quiser evitá-los, pule para o último parágrafo. 

Era sempre legal ver os dois juntos, mas a autora não soube trabalhar bem alguns pontos da história. E ficou a sensação de que ela tentou jogar muita coisa num capítulo só. A mocinha vai trabalhar na taverna de uma ex funcionária da casa dela, depois vai trabalhar na casa do amigo do mocinho, onde quase é estuprada não uma, mas duas vezes, vira alvo de fofoca dos outros empregados, aparece uma outra mulher pra disputar a atenção de Nicholas (fato que, aliás, poderia ter sido mais explorado) e vão acontecendo uma série de coisas que culminam em um casamento de conveniência. Aí, no último capítulo, a autora resolveu colocar um acidente na história e ainda nos apresentar um trauma do passado da mocinha que me pegou de surpresa. Era o tipo de coisa que é válido se mostrar para entender como Allie chegou ao ponto em que estava quando a história começou, mas que deveria ser apresentado ao longo do livro, e não jogado de uma só vez e inesperadamente em cima do leitor logo na parte final do ÚLTIMO capítulo, em que o leitor já estava lidando com uma quase morte de um dos protagonistas e o dilema deles AINDA não saberem se um amava o outro. Aí tudo foi se resolvendo tão rápido que, do nada, pimba! A história acabou. Oi? Como assim? Faltou, pelo menos, um epílogo pra fechar tudinho.

O livro, no geral, estava sendo uma leitura agradável até a segunda metade dele. Aí aquele final conturbado, misturado e apressado fez com que a história perdesse mais alguns pontos pra mim. O romance acabou carecendo de... bom, romance. Uma pena, porque o livro tinha potencial para ser incrível. Mas acabou sendo apenas bom, nada muito marcante. Leia sem muitas expectativas e poderá ser até uma boa distração.

*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

8 comentários :

  1. é uma verdadeira pena, porque pelo que eu li a trama tem muito potencial, acho que deveria ter sido mais explorada, assim o enredo tornaria-se fluído e mais bem elaborado

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Pois é, a história merecia uma atenção especial por parte da autora. Uma pena, pq poderia ter sido muito melhor do que foi.... :b

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem? É uma pena que a estória tenha te decepcionado tanto. Não sei se leria o livro, mas ainda assim, gostaria de ter minha própria opinião.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. É só ficar de olho na Amazon, que talvez ele fique disponível gratuitamente de novo! :j

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Gente, não conhecia esse livro, achei bem ousado! Gostei haha
    Esse festival das virgens, mds, essas autoras estão demais.
    E amei a capa!

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Pois é, menina, tem esse festival na história, hehe. E confesso que a capa foi a primeira coisa que me chamou a atenção. Foi, em grande parte, por causa dela que peguei o livro pra ler. :m

    ResponderExcluir
  7. Poxa vida, já estava para perguntar se continua free, mas essa falta de romance e reviravolta já no final é para desanimar qualquer um... afinal essa ideia de festival das virgens já foi bem diferente... pena que não acertou a mão. =/
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Poxa, nem me fala.... desanimou mesmo. Prefiro que comece ruim e termine bom, do que começar bom e terminar ruim. :b

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates