quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Julia Quinn - Splendid

Título Traduzido: Esplêndido
Protagonistas: Emma Dunster e Alexander Ridgely

Série Splendid 1
(também chamada de Série Blydon)


Há duas coisas que todo mundo sabe sobre Alexander Ridgeley. Um, ele é o Duque de Ashbourne. E dois, ele não tem planos de se casar tão cedo...

Isso é até uma americana ruiva se jogar na frente de uma carruagem para salvar a vida do jovem sobrinho dele. Ela é tudo o que Alex nunca pensou que uma mulher pudesse ser — inteligente e engraçada, íntegra e corajosa. Mas ela é uma criada, completamente inadequada para um duque bem nascido — a menos que, talvez, ela não seja exatamente o que parece...

A herdeira americana Emma Dunster podia estar cercada por ingleses, mas isso não significa que ela pretenda se casar com um — mesmo que tenha concordado em participar de uma temporada em Londres. Quando ela saiu sorrateiramente da casa de seus primos, vestida como uma ajudante de cozinha, tudo o que queria era um último gosto de anonimato antes de seu debute. Ela nunca sonhou que se encontraria nos braços de um duque perigosamente bonito... ou que ele ficaria tão chateado quando descobrisse sua verdadeira identidade. Mas o verdadeiro amor tende a florescer justamente quando menos se espera, e a paixão pode derreter até mesmo o mais teimoso dos corações.



Emma Dunster saíra de Boston para passar um ano em Londres, na casa de seus tios e seus primos Blydon. Cansada de tanto verificar arranjos de flores para o baile no qual ela seria apresentada a sociedade de Londres, Emma se vestiu de criada e foi ajudar na cozinha, o último lugar em que sua tia iria lhe procurar. Ao se voluntariar para ir comprar ovos, ela viu quando uma carruagem vinha na direção de um menino. Sem pensar duas vezes, se atirou sobre ele para salvá-lo... e perdeu a consciência.
Quando Alexander Ridgeley viu a jovem criada salvar seu sobrinho, ficou imediatamente fascinado por ela. Após ajudá-la a retornar para casa onde ela trabalhava, ele sabia que teria que vê-la pelo menos mais uma vez. E o baile que haveria lá para apresentar a sobrinha dos Blydon naquela noite seria a oportunidade perfeita para isso. Mas ele não esperava que a tal sobrinha e a suposta criada fossem a mesma pessoa. E Alex não deixaria essa passar sem que ela lhe contasse toda a história.
Apesar dos mal-entendidos iniciais entre Emma e Alex, eles rapidamente ficaram muito ligados um ao outro. Mas todos sabiam que Alex não se casaria tão cedo. O que para Emma não era um problema, já que ela não tinha a menor intenção de casar com um inglês. Contudo, nada disso conseguia impedir a evidente atração que havia entre eles. E com a família de ambos disposta a dar uma mãozinha para que um casamento acontecesse, a rendição ao amor seria apenas uma questão de tempo.

Conversando com minha amiga Gisele no twitter, recebi altas recomendações dela sobre esse livro. Daí já sabem, né?! Não resisti e, mesmo com outros dois livros com a leitura inacabada, comecei a ler. E não me arrependi.

"Splendid" foi o primeiro livro que a Julia Quinn escreveu e devo dizer que ela começou muitíssimo bem! Adoro as mocinhas da autora, que são sempre espirituosas e cheias de personalidade. E Emma, claro, não fica atrás. Enquanto muitas pensavam em bailes e casamento, ela queria mesmo era assumir os negócios do pai. Alex é TDB. Charmoso, ciumento, possessivo e muito, muuuito encantador. É impossível não se apaixonar por ele. Uma coisa que eu adorei foi o fato de ele sempre chamar a Emma de "amor" (love, no original). E isso foi desde o comecinho do livro, quando ele nem ao menos sabia o nome dela. A primeira vez foi logo após ela salvar o sobrinho dele, assim que recobrou a consciência. Alex disse: "Consegue falar, amor?". Juro, perdi meu coração aí. Que boba, eu sei, mas não consegui evitar. E você talvez esteja se perguntando: "mas Emma deixou que ele a chamasse de 'amor'? Que intimidade é essa?". Bem... ela até tentou impedi-lo assim que conseguiu falar coerentemente, mas....
"Tem certeza de que ainda não está se sentindo fraca, amor?"
"Não acho que você devia me chamar de 'amor'."
"Ah, mas eu acho que eu devia."
"Não é nem um pouco adequado."
"Eu raramente sou adequado(...)"

- Capítulo 2, página 28
E Alex fez questão de dar a Emma uma amostra do quão inadequado ele poderia ser... ali na carruagem mesmo, hehe.

Os personagens secundários também são um show a parte. Os primos de Emma — Bella e Ned — e o melhor amigo de Alex — William Dunford — são importantíssimos para a história. E todos os três têm seu próprio livro dentro dessa série (relação completa no final do post). Falando no William Dunford, vocês lembram dele? Ele apareceu em "Como Se Casar Com Um Marquês". A Nova Cultural fez uma desgraça tão grande com esse livro que transformaram o William num monstro-quase-estuprador, graças aos cortes e alterações na história. E ele não é nada disso, como podemos comprovar nessa série Splendid. É por isso que odeeeio quando alteram a história original. E nesse caso em particular, deu merda (desculpem aí o palavriado, mas essa foi uma situação que me tirou do sério).

Mas respirando fundo e voltando ao que interessa, eu estava falando sobre os personagens secundários. Além dos três que citei, uma pessoa também merece um destaque todo especial: Eugenia Ridgely, mãe de Alex. Ela é incrível, super pra frente. Morri de rir com ela. Aliás, os livros da Julia Quinn são garantia de boas risadas, e com esse não foi diferente. E ainda teve um pouco de suspense e vilania nesse livro, com um certo serzinho que tentou semear o mal. Quer dizer, é emoção que não acaba mais! E com as confusões nas quais Emma conseguia se meter, Alex não teve foi sossego. Adorei!

Pra encerrar, deixo um dos meus trechos favoritos do livro:
Alex recuou e segurou o rosto dela em suas mãos. "Eu amo você, Emma Elizabeth Dunster Ridgely," ele disse solenemente. "Eu te amo com todo o meu coração e toda a minha alma. Amo você como eu nunca sonhei que era possível amar uma mulher. Eu te amo como—"
"Pare!" Emma gritou, com os olhos cheios de lágrimas.
''Por que, querida?"
"Estou feliz demais", ela disse com a voz embargada.
"Você nunca poderá estar feliz demais. Na verdade, eu pretendo dedicar o resto da minha vida garantindo que cada dia que você viva seja mais feliz do que o anterior."
"Eu não acho que isso será muito difícil, desde que permaneça ao meu lado."

- Capítulo 21, página 333
Livro super-ultra-mega-power recomendado. Esse eu assino em baixo!!!


E não deixem de conferir o site da autora para ter acesso aos extras do livro, como curiosidades e trilha sonora. Clique aqui e divirta-se!


Série Splendid (também chamada de Série Blydon):
  1. Splendid - Emma Dunster e Alexander Ridgely
  2. Dancing at Midnight - Arabella Blydon e John Blackwood
  3. Minx - Henrietta Barrett e William Dunford
  4. História De Duas Irmãs (A tale of two sisters - em "Where's My Hero?") - Edward Blydon (Ned) e Charlotte Thornton
*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

15 comentários :

  1. Ai Su, essa série da Julia não li ainda!
    Preciso pegar ASAP!!! hehehehehe
    E já vi q terei q providenciar esse "Where's my Hero?" pq além da história da Julia, tem outra da Lisa Kleypas q é ligada a uma série q acabei de ler há pouco tempo.
    Gzuis, cadê tempo? hahahahaa

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto bastante dos livros da Julia Quinn, assim como os da Georgette Heyer, apesar de serem diferentes no estílo. Este está na minha lista para ler, mas, depois de ler sua resenha, fiquei com vontade de ir logo para esta série e deixar as outras para depois.
    Bj, Aris :-)

    ResponderExcluir
  3. Fafa
    Eu comprei tudo junto, numa promoção na Siciliano. Saiu baratinho, hehe!!!
    Assim que terminar meu livro de outubro pra maratona, eu continuo lendo a série. Tô doida pra ler a história da Bella!

    Arismeire
    Foi o que eu fiz depois de conversar com a Gisele: deixei tudo pra trás e corri pra ler esse livro. Amei!!! :s

    ResponderExcluir
  4. Ai Alex.. Um dos motivos de eu amar ele é que ele me lembra o Jason (Agora e Sempre de Judith McNaught), olhos verdes, cabelos negros, possessivo, ciumento.. aff! Que bom que você gostou Su! eu fiquei impressionada, pois esse é o primeiro livro da Julia, e deveria ser o pior, mas é ÓTIMO! Não sei se você leu a dedicatória, ela fala isso, que por ser o 1º não é tão bem acabado e etc, mas por incrivel que pareça, eu já acho os outros 2 mais fraquinhos. Mas ainda sim, muito bons, pq o estilo leve, fofo e divertido não muda. Ainda bem né?! Agora, o próximo que eu vou te atentar até vc ler é When He Was Wicked dos Bridgertons.. OH. MY. GOD. é o mais hot, mais angustiante, mais lindo, aff... E o 2º epílogo.. paft, morri! Leia urgentemente! :l

    ResponderExcluir
  5. Gi, eu vi a dedicatória. Lembro que pensei: "como assim o livro ñ está tão bem acabado? Ele tá perfeito!". Eu confesso que estou curiosa com o livro da Bella. O do Ned eu já tinha lido, sem saber que era parte dessa série, a princípio. :o
    Agora, os Bridgertons.... Vixe, ainda vou demorar a lê-los. Vou esperar sair os 2º epílogos em papel primeiro, daí leio tudo de 1 tacada só, hehe!

    ResponderExcluir
  6. Sabe o que me deixa mais triste? É que nenhuma editora se interessou em publicar os livros da Julia Quinn e quem não ler em inglês fica chupando dedo ;B
    Adorei a resenha!

    Beijos
    Luciana

    ResponderExcluir
  7. Lu, mas a editora Arqueiro vai publicar Julia Quinn. Eles já anunciaram que vão começar com os Bridgerton, então não se preocuope: não ficarão chupando dedo por muito tempo, hehe!!!! :n

    ResponderExcluir
  8. Por que esse livros maravilhosos não são publicados aqui!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Agora vou ter de achar o e-book pra ler só por sua causa Suelen!
    Eu gosto demais dessa autora, super ansiosa pelos livros dela serão publicados pela arqueiro, pena que ainda vá demorar um pouco.

    Faby - Adoro Romances de Aracaju

    ResponderExcluir
  9. Mas pelo menos os teremos em português. Já é um começo, hehe!!!! :q

    ResponderExcluir
  10. Aaaahh Julia Quinn é sempre um encanto!!!!
    Mesmo e outra língua, sempre faço um esforço pra ler todos os livros dela que posso.
    Desta série só li "História de duas irmãs", obrigada pela Diga Suelen, vou atrás dos outros.
    Beijoss
    Akane - Entre Cenas e Páginas

    ResponderExcluir
  11. Verdade, né?! Julia Quinn não te decepciona, hehe!!!

    :s

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    li sua resenha com uma pergunta na cabeça:
    Será que todos os livros da Julia são tão bons quanto a coleção Bridgerton? (não sei se vc conhece, mas asseguro que deveria :d)

    Enfim, obtive minha resposta, creio que sim!! POis já fui arrebatada já pela sua resenha. :a

    Obrigadinha pela indicação! :g

    ResponderExcluir
  13. Oi Girlane, conheço sim, mas ainda não li. Comprei todos os livros da série Bridgerton em inglês, mas tô esperando sair os 2º epílogos em papel no ano que vem pra começar a ler a série, hehe!!!!

    =)

    ResponderExcluir
  14. Suelen, a demora pode irritar, mas pense que por outro lado finalmente essa autora vai ser publicada por uma editora que respeita seus livros...

    ResponderExcluir
  15. Ah, a demora não me irrita nem um pouquinho. O importante é termos os livros, hehehe!!!!! :n

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates