segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Bienal do Rio 2017 - Eu (Quase Não) Fui!!!


Encerrou ontem a XVIII Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro. Esse é o evento literário mais aguardado por mim e, claro, não poderia ter ficado de fora. Portanto, gostaria de dividir com vocês como foi o meu dia lá.

Comprei meu ingresso antecipado para o dia 09/09, sábado, e foi apenas graças a isso que eu fui. Passei mal a semana inteira e se não fosse por já ter pago o ingresso, sinceramente não sei se iria. Mas no sábado tomei meus remédios, forcei a barra e fui. Eu planejava chegar lá entre 11:00 - 12:00 horas, mas tive um atraso e acabei saindo de casa no horário que queria chegar lá. Como se não bastasse, erramos a entrada para o Riocentro nada menos do que incríveis TRÊS vezes (isso porque vou lá desde 2003) e, pra resumir uma história longa, fui parar tão longe que tive que pagar pedágio. Sério, paguei mesmo 2 pedágios (um pra ir e um pra voltar). Quando cheguei no evento já eram quase 16:00 horas, minha bexiga já estava quase estourando e eu estava quase tendo um treco. Oh, derrota! Novamente, graças a Deus eu já tinha comprado o ingresso e não tive que entrar na fila gigantesca da bilheteria. E com muito custo, mas com muita alegria, finalmente estava na Bienal!!!!


Essa edição da Bienal estava recheada de autores nacionais. No dia que eu fui, vários estavam lá. Infelizmente não consegui tirar foto da maioria deles, fiquei só apreciando. Mas tiveram dois especiais que eu fiz questão de tirar:

*- Vivianne Fair: Pensa numa pessoa linda e simpática? É essa talentosa autora. E que casal mais lindo esse, não é não?!


*- Jhonatas Nilson: Sabe aquela vontade de abraçar um autor quando você lê um livro? Pois finalmente tive essa chance. Quem acompanha o blog sabe como amo os livros do Jhonatas, há vários deles resenhados aqui. Eu já o conhecia virtualmente há alguns anos, e foi maravilhoso poder, finalmente, encontrá-lo pessoalmente.


E ainda ganhei livro autografado e marcadores de presente! Obrigada, Jhonatas, amei tudinho!


Falando sobre o preço dos livros, nos estandes das editoras estava mais caro do que na última Bienal Rio, dois anos atrás. Em 2015 comprei livros da Tessa Dare e da Sarah MacLean por R$15,00. Esses mesmos livros estavam R$ 25,00 esse ano. E os da Lisa Kleypas, que comprei em 2015 por R$ 19,00, estavam mais de R$30,00. Na última Bienal comprei lançamentos da Gutenberg e Arqueiro por não mais do que R$ 20,00. Esse ano, os lançamentos das duas editoras estavam R$ 37,90. Bem mais caro que na internet, por exemplo. O que estava valendo a pena foram livros do grupo editorial Record. Comprei dois livros da série Noivas da Semana por R$ 20,00 e me arrependo até agora de não ter levado os dois da Elizabeth Hoyt que estavam R$ 24,00 cada (esse negócio de comprar na volta é péssimo. Acabei esquecendo). O estande da Universo dos Livros também estava com preços bons, principalmente os livros da J.R. Ward.


Mas dava para encontrar livros baratos naqueles estandes que reuniam livros de várias editoras a 5, 10 e 15 reais. Lá eu encontrei, por exemplo, livros da Nora Roberts a esses preços. Consegui comprar o 4º livro dos Cárpatos a R$10,00. Mas a esse preço, só se encontravam mesmo livros mais antigos. Lançamentos, nem pensar.


Se você olhar algumas avaliações da fanpage do facebook da Bienal verá reclamações, entre outras coisas, sobre os preços altos. E eu, sinceramente, entendo a avaliação do povo. Dava para achar livros baratos? Dava. O estande da Americanas estavam com preços muito bons, por exemplo. Mas como mencionei acima, não eram livros novos. Aqueles lançamentos que eu estava doida para comprar na Bienal estavam mais caros do que nas lojas virtuais. Saí frustrada, nesse aspecto. Mais fácil comprar na internet, mesmo pagando frete. Uma pena! A Bienal de 2015 foi show. Deu pra comprar bastante coisa, tanto é que na hora de pagar eram filas enormes, de tanta gente comprando. Esse ano o evento estava lotado, mas a fila nos caixas para pagar estavam pequenas (em comparação), o que (não tenho como provar, mas arrisco dizer) significa que as pessoas compraram menos do que em 2015. Só sei que eu comprei bem menos. Pelo menos, tinham marcadores à vontade lá. #Adoro


Eu tenho ido à Bienal desde 2003. Nessa edição tinham coisas lindas de se ver, autores maravilhosos, lugares legais para tirar fotos, mas em relação aos preços, principalmente dos lançamentos, esse ano não foi dos melhores não. Mas é sempre um prazer estar lá, nem que seja só para apreciar!

Minhas Aquisições Na Bienal Rio 2017

E vocês, foram já foram à Bienal ou em algum outro evento similar? Comenta aí!




*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

10 comentários :

  1. Oi Suelen, feliz por você. Xero grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi bom ter conseguido chegar lá, apesar dos pesares, rsrs....

      Excluir
  2. Oi Su! Bienal para mim só ano que vem, mas que bom que você conseguiu ir. Na última eu só comprei quadrinhos, livro mesmo espero as promoções online.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Su! Eu estava com muita vontade de ir, mas não deu, infelizmente... aqui em SP os preços sempre são bem altos, principalmente lançamentos, vou mais pela feira em si do que qualquer outra coisa. Os livros Noiva da semana são ótimos, ao menos os dois primeiros, eu adorei! E o Jhonatas Nilson é muito fofo, queria ter dado um abraço nele tb. Enfim, muito bacana sua postagem da Bienal, adorei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ano passado até que os preços estavam legais. Esse ano, nem tanto. :f
      Ah, o Jhonatas é uma gracinha, né?! Ponto alto do meu dia conhecê-lo! ♥

      Excluir
  4. olha os lindos!!!!! abraço apertado nos dois! amodoro!!!!!
    que pena que você estava adoentada, melhoras linda flor, bom que você foi resiliente e aproveitou o evento
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sou viciada na J. R. Ward, só de ouvir sobre livros dela com preços bons me da uma coisinha aqui hahaha... Eu tenho vontade de ir a bienal mas pela festa e pelos autores que pelos preços, todo ano vejo gente reclamando deles no estande das editoras. Em compensação esses de 5, 10 e 15 já fazem o coração consumista palpitar e também tem marcadores! Nosssaaa, sou a louca dos marcadores! Aqui em Recife tem bienal também, mas confesso que o maior atrativo para mim é o bonus que a prefeitura me dá, pq sinceramente o evento tem deixado muitoooo a desejar.

    Jaci
    Uma Pandora e Sua Caixa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A de 2015 foi a melhor que eu já fui, em relação aos preços. Agora, pela festa em si e a chance de ver os autores, é realmente sempre bom!

      Excluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates