quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Anaté Merger - Luz e Sombra

Literatura Nacional


Um amor pode ultrapassar as barreiras da morte e do tempo?

Virgílio é um engenheiro carioca, entediado, taciturno, que nunca amou ninguém e tem na restauração das antigas fazendas de café a sua única paixão.

Em uma visita à Inocência, ele se encanta por Olympia, filha de um barão, representada ao lado da irmã gêmea em um quadro do século XIX. O olhar azulado da moça o atrai de uma maneira obsessiva e aos poucos ele se envolve em trama cada vez mais absurda com joias misteriosas e uma inusitada carta.

Ao tentar descobrir o que as linhas amareladas escondem, Virgílio se encontra em um emaranhado de artimanhas e chantagens, amor e ódio, onde o ontem e o amanhã se confundem durante um cruzeiro pelo Atlântico no ano de 1873 e o poder da luz sobre as sombras surge nos lugares, nas pessoas e nas atitudes mais improváveis.


Desde que sofrera um acidente há um ano, Virgílio Lopes de Macedo nunca mais fora o mesmo. Era como se algo estivesse faltando em sua vida, embora aparentemente tudo permanecesse igual. Até o dia em que foi para Inocência, uma antiga fazenda de café que planejava comprar e restaurar, e se deparou com o quadro "Gêmeas em Flor". Ali, juntamente com sua irmã gêmea, estava retratada Olympia Antunes, a mulher que perseguia os seus sonhos desde que acordara do coma. Mas como poderia sonhar com alguém que nascera há quase dois séculos? Disposto a descobrir mais sobre a mulher que capturara seu coração, Virgílio sai em busca de respostas, mas a cada pista encontrada, mais perguntas iam surgindo. Contudo, numa noite de tempestade, a verdade pela qual buscava estava prestes a lhe ser revelada... quando, num lampejo, ele se viu transportado para o ano de 1873!

Fonte: Fanpage da autora no Facebook

Eu me interessei por esse livro desde que li a sinopse pela primeira vez. Adoro tramas envolvendo viagem no tempo, ainda mais se tiver uma capa tão linda — e tão fiel à história — quanto essa. E, para minha surpresa e alegria, a autora Anaté Merger gentilmente me enviou o livro para leitura. Muito obrigada!

Uma das coisas que gostei na história foi a inclusão de um casal verídico, conhecido da nossa história: Eufrásia Teixeira Leite e Joaquim Nabuco. O casal se conheceu num navio a caminho da Europa e achei genial a parte primordial da trama se passar justamente nesse navio, com esses dois à bordo. Outra personagem que eu gostei demais foi Severa, a escrava acompanhante das gêmeas Olympia e Olívia nessa viagem. A mulher arrebenta, é uma ajuda e tanto — e bem que Virgílio precisava de um aliado naquele navio. Claro, a achei bem avançadinha pra época em sua postura com Olympia e Virgílio, mas não chega a ser algo que influencie negativamente minha opinião sobre o livro não, até porque amo um personagem à frente de seu tempo, principalmente se é da turma do bem! E não poderia deixar de mencionar a baronesa Helena Antunes, que foi uma ajuda e tanto para o mocinho, já que era descendente da família das gêmeas Olympia e Olívia.

Falando em Olívia, ela cumpriu muito bem o papel de gêmea má. Cheguei a sentir ódio dessa mulher, que agitou BASTANTE a trama aqui. Provou que quando ela é boa, ela é boa, mas quando ela é má, é melhor ainda. A história não teria sido a mesma sem ela. A trama envolvendo o prefeito também foi maravilhosa. Uma boa dose de suspense, cujo desfecho realmente me surpreendeu. Adorei! E pra fechar os personagens que gostei, amei o que aconteceu com Luiz Batista. Adoraria ler mais sobre isso, e arrisco a dizer que sua história daria um ótimo livro — ainda mais sabendo que foi feliz, no final das contas.
Fonte: Fanpage da Autora no Facebook. Clique aqui para ver a imagem completa.
O livro se divide em duas partes: a primeira na nossa época e a segunda com a viagem no tempo para 1873. A história já começou me deixando curiosa, com Virgílio sonhando com a misteriosa mulher de olhos azuis. Esse começo é mais devagar, pra gente se situar um pouco na trama e entender melhor o mistério que ronda o acidente de Virgílio e essa mudança que ele sofreu após acordar do coma. Ele se mostrou uma pessoa fria e reservada, pois, desde aquela fatídica noite um ano atrás, sente um vazio e não entende o porquê. Além disso, ele tem um relacionamento mais vazio ainda com Clara, uma mulher mimada, chata e arrogante. Ninguém a suporta, nem mesmo Virgílio, e até ele sente que o namoro está se encaminhando para um final definitivo. E esse foi um ponto que me incomodou um pouco. Esse relacionamento tóxico com Clara não combinava em nada com a imagem que é passada de Virgílio. Eles não têm nada em comum, portanto a coisa é mais física mesma. Esse relacionamento na história é algo que eu, sinceramente, poderia ter ficado sem.

Outra coisa que preciso destacar foi a demora para o romance acontecer. Isso criou uma expectativa muito grande para quando o grande momento finalmente chegasse, e quando aconteceu, foi tudo muito rápido. Uma vez que o romance começou, eu me empolguei, pois foi muito fofo, muito lindo, muito romântico, do jeitinho que eu gosto. Mas durou pouco demais, nem deu para aproveitar. E a primeira vez deles merecia um destaque, merecia ser narrada, não apenas citada. Tiveram mais algumas coisas que eu gostaria que tivessem acontecido de outra maneira, como a cena da praia, mas se eu falasse seria spoiler dos grandes, e não quero estragar a surpresa para vocês. O final, apesar de nos deixar o vislumbre de algo legal prestes a acontecer, foi um pouco frustrante para mim. Muita gente teve seu final feliz, e alguém muito especial merecia ter um também. Mas o livro conseguiu me manter grudada nele até o último parágrafo. Os capítulos são pequenos e você fica nessa de "só mais um capítulo", e quando vê, já leu um montão, hehe.

O livro foi diferente do que eu pensava. É mais um drama, com toques de romance, do que romance propriamente dito. Se você gosta do estilo, não deixe de ler. E se já leu, compartilha sua opinião com a gente!


Gostou? Para ler um trecho do livro ou para comprá-lo no site da Amazon, é só utilizar a visualização abaixo:



Sobre a Autora:

Anaté Merger

Formada em jornalismo e com um mestrado em Comunicação Internacional no Institut d'Études Politiques em Aix-en-Provence, Anaté foi jornalista durante 17 anos em várias emissoras de TV - sete deles na Globo Brasília - e jornais brasileiros até se mudar para a Provence em 2004.  
Hoje, franco-brasileira, casada, mãe dos amados Chloé e Théo, apaixonada pelos seus gatos, empresária no ramo do turismo (agência de viagens Na Provence, especializada na França), e considera-se aprendiz de escritora.

Saiba mais sobre a autora e suas obras:

*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

16 comentários :

  1. Oi! Nossa, amo livros com viagens no tempo, agora estou curiosa para saber qual ligação existe entre eles. Fora que a história em si, despertar seu interesse. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi Su! Não conhecia o livro, mas achei a proposta interessante. Sempre encontro novidades aqui. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. eu gosto de tramas com viagens no tempo, agora só resta saber como a autora criou esse ambiente, confesso que fiquei curiosa
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Suelen!
    A sinopse me lembrou os livros da Lucinda Riley, que eu amo.
    Ainda não conhecia esse livro mas parece ser bom!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li nada da Lucinda Riley, mas sempre li coisas boas sobre os livros dela!

      Excluir
  5. Nossa, a capa é tudo de bom! E pulei a sinopse direto para a resenha. Gostei que 90% do livro agradou, acredito que se houver oportunidade, lerei. Gosto dessas viagens no tempo. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa tb foi a primeira coisa que me chamou a atenção, hehe!

      Excluir
  6. Adoramos seu conteúdo!! E te convidamos a conhecer nossos trabalhos com BLOGS - LAYOUTS COMPLETOS - PÁGINAS - YOUTUBE - MÍDIA KIT - E MUITO MAIS . Esse mês promoção especial 📣 Venha nos conhecer realizamos sorteios e parcerias todo mês
    Instagram @ruthdesignweb clique aqui

    Portfólio clique aqui

    Facebook clique aqui

    Email : ruthdesignweb@gmail.com


    Trabalhamos também com marketing, gerenciamento de redes sociais e blogs e muito mais ♥️

    ResponderExcluir
  7. Oi Su, tudo bem?
    Adorei a resenha!
    A trama do livro parece super envolvente. Me lembrou, inclusive, Outlander. A diferença é que o viajante no tempo é um homem nesse caso hahaha!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando falei sobre o livro com a minha irmã ela tb me disse que a lembrou de Outlander, hehe. Nunca li esse livro, então não saberia dizer. Mas a viagem no tempo aqui foi bem... diferente. :j

      Excluir
  8. Oie Su =)

    Lendo a sua resenha a premissa da história me lembrou um pouco Outlander. Eu adoro livros que tem como plano de fundo viagens no tempo e fiquei curiosa em saber mais sobre a a trama.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb amo livros envolvendo viagens no tempo. Outlander nunca li, mas a série tá na minha lista da Netflix!!!

      Excluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates