sexta-feira, 28 de abril de 2017

Maisey Yates - Flor do Deserto

Título Original: Bound To The Warrior King
Protagonistas: Tarek al-Khalij e Olivia Bretton
Paixão 476



A conquista do amor!

O impiedoso Tarek al-Khalij não esperava ser obrigado a governar Tahar. Mais familiarizado com uma espada do que com a coroa, esse guerreiro habilidoso terá de reconstruir o reino devastado por seu irmão. Para isso, precisa da arma mais preciosa de todas: uma esposa! A elegante e recatada rainha Olivia o ajuda com os problemas diplomáticos. Em troca, Tarek mostra para ela o poder da verdadeira paixão. E, antes que perceba, Olivia estará completamente cativada pelo rei.




Desde que o marido falecera há dois anos, a rainha Olivia não tinha mais lugar no reino de Alansund. Quando lhe pediram para estabelecer uma união entre o seu reino e o reino de Tahar, se casando com o novo sheik de lá, ela não pensou duas vezes em agarrar a oportunidade, pois se tinha algo que não podia suportar era se sentir inútil e dispensável em algum lugar. O sheik Tarek al-Khalij estava mais acostumado a areias e cavernas do que a palácios e rainhas. Mas se ele quisesse ser o líder que seu povo merecia, precisaria da ajuda de Olivia. Seria apenas um casamento de conveniência, uma troca de favores. Contudo, nenhum dos dois estava preparado para o forte sentimento que seria despertado entre eles. E para que pudessem desfrutá-lo em sua plenitude no futuro, primeiro teriam que enfrentar os fantasmas do passado.

Eu estava muito ansiosa para ler esse livro. Amo o trabalho da Maisey Yates, amo sheiks e amo histórias de casamento de conveniência. Agora imagina um livro tendo esses 3 elementos? Perfeito, né?! Não exatamente. Não sei se foi por ir com muita sede ao pote, mas custei um pouco a engatar na leitura. Na verdade, custei um pouco a me conectar a Olivia. Sendo sincera, não havia exatamente algo de errado com ela. A mulher só não conseguiu me cativar. Ela foi pra Tahar pensando só nela, não queria ficar esquecida no seu palácio agora que o marido morrera e que o cunhado, e novo rei, estava prestes a se casar com outra. Ela forçou a barra para ficar em Tahar e se casar, porque não queria voltar nem para Alansund, nem para a América, seu verdadeiro lar. Olivia tinha uns complexos, todos por conta de carência afetiva, já que os pais ricos não lhe davam atenção, porque tinham a irmã doente dela para cuidar o tempo todo. Tarek, sim, tinha um passado mais cruel e violento para ser superado. Quase o destruíram, física e emocionalmente. Como se não bastasse a falta de simpatia de Olivia, o livro demorou muito a andar. Ele tem 12 capítulos + epílogo. Eu estava começando o capítulo 8 e ainda não sabia nada sobre o passado de Tarek e de Olivia, além do que já havia sido mencionado no primeiro capítulo, ou seja, só sabia que ela tinha problemas com os pais e ele com o irmão, o falecido sheik. Ficou beeem arrastado, até que no final desse mesmo capítulo 8 a história resolveu andar. Na verdade, ela correu. Ficou tudo o que eu esperava de um livro da Maisey Yates. Pena que a essa altura o livro já estava quase no fim. Nem deu pra aproveitar muito não.

Gostei de Tarek logo de cara. Era visível os sacrifícios que ele fazia pelo bem de seu povo, mesmo antes de se tornar sheik, se privando até mesmo das coisas mais básicas para a sobrevivência. Enquanto Olivia queria o casamento pensando só nela, Tarek precisava dele pelo bem de seu povo. O legal foi que ele a ensinou a pensar no próximo, e ela o ensinou a pensar um pouco mais nele mesmo, nos seus desejos e necessidades. Realmente se completavam. Aí, sim, passei a gostar de Olivia. Ficou mara! Só não levou 5 estrelinhas no Skoob por conta desse começo arrastado mesmo, mas conquistou 4 estrelinhas. Foi ótimo ver a mudança de Tarek e Olivia, como um ajudou o outro a ser uma pessoa melhor. Se eu recomendo? Claro que sim!


Capa Original:


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

18 comentários :

  1. Su, eu não sou muito chegada em livros com sheiks, eles não me atraem
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse sheik até que é mara. A mocinha é que foi meu maior problema, rsrs....

      Excluir
  2. Gostei da resenha Suelen. Li poucos livros sobre sheiks, mas confesso que não nutro lá aquela atenção por esse gênero. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que tenho um fraco pelos homens do deserto, hehe. E esse mocinho foi mara. A mocinha, nem tanto. Pelo menos, não no começo. :j

      Excluir
  3. Vc têm harlequim de março e abril. E como baixo livros por aqui. ..ou só é resenhas.

    ResponderExcluir
  4. Oie Suelen =)

    Nunca li um livro com sheik, acredita? Mas fiquei curiosa em relação a esse, principalmente pelos pontos que você citou da personalidade do protagonista.

    Dica anotada!

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mocinho é daqueles que vc tem vontade de pôr no colo. Ele é realmente um personagem incrível!

      Excluir
  5. Oi Su!! Eu tb gostei do livro e Tarek é um ótimo protagonista! E geralmente eu gosto bastante dos livros da Maisey Yates e não resisto a um sheik hehehehehehehhehee

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Olá, Suelen. Tudo bem?
    Gostei bastante de sua resenha. Me pareceu um romance do tipo que tira o ar do leitor, mas para ser honesto não me senti muito atraído pelo título.

    Até mais. https://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, particularmente, prefiro o título original tb, acho que combina mais com a história.

      Excluir
  7. Ooi Su, gostei bastante da resenha, ainda não conhecia o livro mas fiquei curiosa com a historia.
    beijinhos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mocinha demora um pouco pra conquistar, mas é realmente uma boa leitura.

      Excluir
  8. Oi Su! Eu nunca li nada da autora, mas sheiks não me atraem muito, prefiro estes livros da HR quando são protagonizados pelos cowboys ou mesmo milionários gregos. A autora tem algum assim?

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cida, a autora tem uma série só de cowboys. Sou doida pra Harlequin lançá-la aqui. :j

      Excluir
  9. Oi, Su.
    Eu adoro romances e não lembro de ter lido nada de sheik, mas minha memória não é boa então...
    O fato de vc ter demorado para se conectar a personagem e até mesmo sua resenha ( o que falou) não despertou minha vontade de ler o título. :(

    www.papuff.com
    (está rolando sorteio por lá)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que seja ruim. Mas já li histórias melhores da autora.

      Excluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates