sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Diana Palmer - Wyoming Rugged

Título Traduzido: Wyoming Rude
Título Lançado No Brasil: Corações Fortes (Rainhas do Romance 114)
Protagonistas: Blair Coleman e Nicolette Ashton (Niki Ashton)

Série Homens de Wyoming 05

A autora campeã de vendas do New York Times e USA TODAY Diana Palmer está de volta a Wyoming com uma história de amor nascida na terra do grande céu... 

O bilionário magnata do petróleo Blair Coleman sempre cuidou de seus negócios. Após ter sido usado e abandonado por uma mulher que ele pensava amar, sua vida pessoal está longe de ser a sua primeira prioridade. Ele sabe que somente uma se importava de verdade com ele — mas a irresistível e bela loira é a filha de seu melhor amigo.

Niki Ashton já viu o amigo de seu pai ferido e ela já o viu lutar. Blair é o homem mais forte — e o mais teimoso — que já conheceu. Seu coração puro e paixão fazem dele o homem dos seus sonhos, mas toda vez que corriam o risco de se aproximarem, Blair sempre a afastava.

É necessária uma possível tragédia para arrancar todos os receios de Blair. Agora é tudo ou nada: casamento, bebê, família, o "para sempre". Mas será a escolha demais para Niki... ou tarde demais?


Outros personagens de Diana Palmer que aparecem ou são citados aqui:
     Dane Lassiter: Sempre Te Amei (Série Most Wanted 01).

Nicolette Ashton sempre fora uma tentação para Blair Coleman. Mas ela lhe era proibida. Primeiro, porque era a filha de seu melhor amigo. E segundo, porque era muito mais nova que ele. Niki merecia alguém da sua própria faixa etária. Por isso, sempre que se aproximavam demais, Blair a afastava. Mas isso não o impedia de se sentir protetor — e possessivo — em relação a ela. Contudo, ele estava prestes a se casar. A melhor coisa a se fazer era se conformar em ser somente seu amigo.
Conforme o tempo passava, ficava cada vez mais difícil resistir a atração entre Blair e Niki. E parecia haver chegado o momento em que poderiam, finalmente, ter uma vida juntos. Mas um mal inesperado surge, tornando o futuro incerto. Agora, tempo era tudo o que eles não tinham. E o tão sonhado felizes para sempre poderia nunca acontecer...

Esse livro aqui, apesar de constar como parte da série Homens de Wyoming, é bem independente. Não tem ligação nenhuma com os livros anteriores, são personagens novos que estão dando o ar da graça pela primeira vez e, com exceção do detetive Dane Lassiter, nenhum outro personagem da titia Palmeirão foi mencionado. Claro que há um com potencial para ser futuro mocinho, mas falo dele daqui a pouco.

Olha, eu demorei bastante pra fazer essa resenha. Acho que a essa altura a maioria de vocês sabe que sou apaixonada pelos livros da Diana Palmer, amo tudo o que ela escreve. Sem exceção. Dito isso, vou confessar que, ao terminar a leitura, meus sentimentos ficaram confusos em relação a esse livro. Amei certas coisas, mas outras me incomodaram. Isso é o que temos: o mocinho, Blair, é maravilhoso: não é ogro, não maltrata a mocinha, é forte, é lindo, é protetor, dá uma surra daquelas em qualquer um que fizer mal a Niki e é capaz de mover céus e terra para ajudá-la. A mocinha, Niki, é a típica mocinha de Diana Palmer: muito mais nova que o mocinho, virgem, inocente, carinhosa, boa filha e tem um potencial pra se meter em perigo e confusão, sem nem mesmo perceber, precisando, por vezes, que o mocinho venha em seu auxílio. O livro tem aqueles elementos típicos da Diana Palmer: mocinho que acha a mocinha nova demais e quer que ela aproveite mais a vida antes de se relacionar a sério; a periguete que, mesmo quando não está presente, causa muito sofrimento à mocinha; mocinho salvando a mocinha de assediadores; crises de ciúme; personagens doentes em algum momento; situações de quase-morte; e por aí vai. E tudo isso, nas mãos da Diana Palmer, geralmente rende uma trama maravilhosa. E eu gostei de muito coisa que aconteceu nesse vuco-vuco todo aí.

Mas, como eu disse, algumas coisas me incomodaram. Blair era honrado até demais e essa insistência dele em não se envolver com Niki acabou ficando cansativa. Eita vontade de dar uma surra nele, pra deixar de ser tão nobre. Niki não era criança e, apesar de inocente (nossa, até demais, outra coisa que me deu nos nervos), sabia bem o que queria e o que sentia por Blair. Outra coisa que tem acontecido nos últimos livros da Diana Palmer e que eu não gosto: o tempo que passa desde o começo, até o final do livro. Antigamente, as histórias da Diana Palmer começavam num ponto e apenas relembravam o passado através de flashback. Mas nos últimos livros que a autora lançou não há flashback, a gente vai acompanhando mesmo tooodos esses longos anos. Foi assim em Texas Born, onde começa com a mocinha no colegial, depois mostra a entrada na faculdade e termina com ela já empregada na área; e também acontece isso em Untamed, onde a trama se passa ao longo de uns 2 anos e haja paciência até o felizes para sempre. Aqui também vão se passando os anos (uns 2 ou 3 anos): o mocinho fica noivo, casa (e que motivo mais bizarro pra se casar), separa, ameaça voltar pra ex (tem um motivo oculto aí, mas não conto, hehe) e a gente acaba sofrendo junto com a mocinha até as coisas finalmente se acertarem. E isso me incomodou. Eu, particularmente, não gosto de toda essa espera pra que a história aconteça não. Passagem de tempo, pra mim, só é bom no epílogo mesmo. Já fico agoniada quando se passam meses na história (como aconteceu em Invincible), quem dirá quando se passam anos.

Agora, vamos falar de coisa boa: um personagem que me chamou muito a atenção foi o Tex, um cowboy que trabalha no rancho da mocinha (e que tem uma quedinha por ela). Ele é tão misterioso que nem o nome dele o povo sabe. Só sabe que o chamam de Tex por ser uma abreviação do estado de onde ele veio (Texas). O que deu pra descobrir aqui é que ele tem 34 anos, cabelos pretos, olhos azuis, fez alguns cursos de psicologia quando deixou a vida militar após servir no Iraque e seu comboio sofrer um ataque, que o deixou com um estilhaço no quadril. Ou seja, tem todo o perfil de mocinho da Diana Palmer. Estou de olho no cidadão!

Só depois de pesar os prós e os contras, de absorver a história e deixar meu cérebro processá-la é que me senti bem pra fazer a resenha e dar minha opinião. Agora que expus o que me agradou e o que me incomodou, eis meu veredito: não é o melhor livro da Diana Palmer, mas isso não significa que ele seja ruim. No geral, eu gostei. Apesar de achar o mais fraquinho da série, não me arrependo de ter lido não. E estou muito curiosa a respeito do Tex. Sei que a autora, recentemente, vendeu dois livros dessa série e dois da dos Homens do Texas para a Harlequin, então estou torcendo pra que esse misterioso cowboy protagonize um deles. Se eu recomendo? Claro, é titia Palmeirão, gente!!!!

E para ver como essa série se conecta aos "Homens do Texas"clique aqui.

 


Homens de Wyoming / Irmãos Kirk:

1- Corações Laçados (ou "Força do Wyoming") (Wyoming Tough) - [Irmãos Kirk 01] - Mallory Dawson Kirk e Edith Danielle Morena Brannt
2- Corações Em Fúria (Wyoming Fierce) - [Irmãos Kirk 02] - Cane Kirk e Bolinda Mays
2.5- Amor Frágil (The Rancher) - Cort Matthew Brannt e Madeline Edith Lane
3- Corações Ousados (Wyoming Bold) - [Irmãos Kirk 03] - Dalton Kirk e Merissa Baker
4- Corações Blindados (Wyoming Strong) - Wolf Patterson e Sara Brandon
5- Wyoming Rugged - Blair Coleman e Niki Ashton
6- Wyoming Brave (31 de Janeiro de 2017) - Ren Colter e Meredith Grayling


    Livro / Série Relacionados:


    Big Spur, Texas:
    1. Heather's Song - Cole Everett e Heather Shaw
    2. Flor da Paixão (ou "Atrás do Arco-Íris") (Passion Flower) - Everett Donald Culhane e Jennifer King

    Homens do Texas:

    48- Protetor (Protector) - Hayes Carson e Minette Raynor
    49- Invincible - Carson Allen Farwalker e Carlie Blair
    50- Texas Born - Gabriel Brandon e Michelle Godrey


    Ordem de Leitura:

    1- Para Amar e Cuidar (To Love and Cherish) - Kingston Brannt e Shelby Kane
    2- Heather's Song Cole Everett e Heather Shaw
    3- Flor da Paixão (ou "Atrás do Arco-Íris") (Passion Flower) - Everett Donald Culhane e Jennifer King
    4- Corações Laçados (ou "Força do Wyoming") (Wyoming Tough) - Mallory Dawson Kirk e Edith Danielle Morena Brannt
    5- Corações Em Fúria (Wyoming Fierce) - Cane Kirk e Bolinda Mays
    6- Amor Frágil (The Rancher) - Cort Matthew Brannt e Madeline Edith Lane
    7- Protetor (Protector) - Hayes Carson e Minette Raynor
    8- Corações Ousados (Wyoming Bold) - Dalton Kirk e Merissa Baker
    9- Invincible - Carson Allen Farwalker e Carlie Blair
    10- Texas Born - Gabriel Brandon e Michelle Godrey
    11- Corações Blindados (Wyoming Strong) - Wolf Patterson e Sara Brandon
    12- Wyoming Rugged Blair Coleman e Niki Ashton
    13- Wyoming Brave (31 de Janeiro de 2017) - Ren Colter e Meredith Grayling

    *** Suelen Mattos ***
    http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

    24 comentários :

    1. Oi Suelen, fazia um tempão que não passava aqui!
      Faz um tempo também que não leio Diana Palmer, ai, ai...
      Nem precisa falar muito, já estou anotando os titulos para poder ler na sequência e aproveitar melhor a leitura.
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
    2. Oi, rose. Verdade, estava com saudades!
      Eu tb gosto de ler na ordem. Se bem que esse, por ser bem independente, não faz muita diferença não, rsrs.....

      ResponderExcluir
    3. hummm, sei bem como é essa fase de amar e odiar um livro ao mesmo tempo.... acho que é interessante esse enredo se fosse a alguns anos atrás quando toda essa moralidade era exacerbada, hoje os relacionamentos com pessoas de idades diferentes esta bem mais aceito e comum, acho que isso faz com que se enfade: sabemos que ja não é mais assim e os cabeças duras insistem!
      mas também estou de olho no Tex, se vc não pegar pego eu rsrsrss

      ResponderExcluir
    4. Ah, o Tex me pareceu ser muito mais interessante..... Deixa só ele dar sopa por aí..... pego na hora, kkkkkkkkkkkk

      ResponderExcluir
    5. Oi Suelen!
      Nunca li nenhum livro da autora, e este tem o enredo interessante. O fato de, apesar de ser uma série, poder ser lido de forma independente também me atrai. Que pena tantas coisas terem te incomodado, também não gosto de protagonistas inocentes ao extremo. Mas, mesmo com estes pontos negativos, parece ser uma boa leitura, que prende. :) Ótima resenha!
      beijos ♥
      nuclear--story.blogspot.com

      ResponderExcluir
    6. Olá :)
      Adoro os livros dessa autora! Vou colocar o livrinho pra lista só em saber que ele não é ogro, só espero que o sentido de honra não deixe ele chato!
      Beijão,
      http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    7. Oi Suelen, tudo bem?
      Quero seguir o seu exemplo e começar a ler em inglês. Meu déficit na língua é muito grande, e hoje em dia é tão necessário saber inglês. =(
      Gostei da resenha!
      Beijos,

      Priscilla
      http://infinitasvidas.wordpress.com

      ResponderExcluir
    8. Eu amo tudo da Diana Palmer. Até mesmo um livro mediano dela é, pra mim, muito superior do que os "tops" de algumas autoras. E não me arrependi de ler esse não. Até porque titia Palmeirão pode até viajar na maionese de vez em quando, mas não estraga a salada, kkkkkkkkkkkk

      ResponderExcluir
    9. Olá, Suelen.
      O livro não é muito meu estilo, mas parece ser bom para quem curte um romance.
      Eu, sinceramente, não leria a obra.

      Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

      ResponderExcluir
    10. Ah, se não é bem seu estilo melhor não ler mesmo não, pq se eu, que gosto, fiquei incomodada com algumas coisas, imagina quem não gosta, né?! :o Tem outros melhores da autora, caso um dia queira se arriscar, hehe! :d

      ResponderExcluir
    11. Quero ler :/
      Mais até sair no Brasil irá demorar haha
      Com certeza né

      As vezes me da raiva da tia, tem tanto personagem que queria um final e ela me cria outros. HUAHUAHU

      beijo
      www.modaeeu.com.br

      ResponderExcluir
    12. Ai, nem me fala. cheio de personagens pendentes e ainda vem novos por aí, rsrs...

      ResponderExcluir
    13. Oie! Nossas esses livros <3 Essa editora sempre arranca suspiros!! Meu Deus!
      Bjs, comenta por favor nessa resenha ajudaria muito:http://resenhasteen.blogspot.com.br/2015/12/desejo-proibido.html
      E vem participar do CONCURSO CULTURAL DE NATAL do blog, VALENDO UM LIVRO E UM KIT DE MIMOS.
      https://www.facebook.com/Resenhasteen/photos/a.550894918273575.141059.520952071267860/1202088096487584/?type=3&theater

      ResponderExcluir
    14. Uma pena que ainda não foi lançado aqui no Brasil..... :j

      ResponderExcluir
    15. Oi Suelen, tudo bem ?
      Nunca li nenhum livro da Diana Palmer.
      E nem tinha ouvido falar dela.
      Pelo jeito parece ser um livro bom.
      Beijos
      @saymybook
      http://saymybook.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    16. A autora é do tipo "ame ou odeie". Eu sou do time das que amam! :j

      ResponderExcluir
    17. Oi Su, tudo bem?
      Depois de tanto tempo (e tanto livros!) a Diana mudar sua forma de escrever é no mínimo inusitado, também me incomodo com histórias que retratam um período muito grande de tempo, não é isso que eu espero encontrar num romance de banca, fico impaciente.
      Quero aproveitar pra desejar um Feliz Natal e um Ano Novo maravilhoso pra você e sua família!
      Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

      ResponderExcluir
    18. Falou tudo, Elis. Tb não é o que eu gostaria de ver num romance de banca (na verdade, nem no de livraria eu teria paciência, rsrs....)
      Obrigaduuuu, tudo de maravilhoso pra vc e toda a sua linda família tb! :g

      ResponderExcluir
    19. Oi Suelen,
      Putz realmente preciso dar uma chance à tia Diana.
      Sempre gosto das proposta dos romances dela...e o bom que não precisa se prender nessas 'séries' gigantes O.O

      Tenha uma iluminada semana Natalina. Feliz Natal ♥
      Nana - Obsession Valley

      ResponderExcluir
    20. Ah, é.... esse aí é bem independente (mas não é o melhor dela não, na minha opinião). :j

      ResponderExcluir
    21. ooi suelen amo todas as suas resenhas são ótimas.

      você poderia fazer pra todas nós um listinha dos possiveis
      mocinhos da Titia Palmeirão. estou louca para que alguns dos meus favoritos
      tenham a sua vez. vamos torcer!!!

      ResponderExcluir
    22. Menina, acredita que eu tenho uma listinha dessas? Fica nos meus arquivos. Vou anotando a informação de possíveis mocinhos, junto com as informações que temos deles até o momento. Mas é só pra uso pessoal, pra suturas consultas, hehe!

      ResponderExcluir
    23. Oi Suelen, tudo bem!
      gostei da sua resenha muito boa mesmo,não vejo a hora
      de ter esse livro em mãos, torcendo para o lançamento no Brasil

      ResponderExcluir
    24. Oi, Fatima. Esse livro foi lançado esse ano pela Harlequin Brasil. Se chama CORAÇÕES FORTES. :d

      Link dele no Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/589810ED590747

      ResponderExcluir

    E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

    :a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Arquivos Romantic Girl

    Postagens Populares

    Rolando No Romantic Girl:

    Em Breve!!!
     


    Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates