segunda-feira, 13 de julho de 2015

Lucy Monroe - Processo De Sedução

Título Original: Million Dollar Christmas Proposal
Protagonistas: Vincenzo Tomasi e Audrey Miller
Paixão 
364

Sempre leia as letras miúdas!

O magnata Vincenzo Tomasi precisa de uma babá para seus sobrinhos até o Natal.
A proposta de 1 milhão de dólares de salário é o presente que todos pedem a Papai Noel! Audrey Miller já trabalha para Enzu e adora crianças. Fazer parte dos Tomasi ajudará muito a família dela. O que Audrey não sabe é que Enzu pretende se casar com a candidata aprovada… E o primeiro item da lista de exigências dele é compatibilidade sexual. Apesar de apaixonada por seu enigmático chefe há anos, Audrey arriscará sua inocência durante a entrevista de emprego mais inusitada de todos os tempos?


Audrey Miller era responsável por seu irmão caçula desde que ele tinha 12 anos. Agora, aos 18, ele fora aceito no MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), mas ela não tinha o dinheiro necessário para enviá-lo à concorrida faculdade. Ao ouvir, por um acaso, uma conversa onde diziam que seu chefe, Vicenzo Tomasi, estava a procura de uma esposa para ser a mãe dos sobrinhos órfãos dele e que a escolhida receberia um bom dinheiro, ela criou coragem para entrar em seu escritório e se oferecer para o cargo. Mas ela não era movida apenas pelas necessidades de seu irmão. Audrey achava a ideia de casar com uma desconhecida só para que ela se tornasse a mãe de duas crianças uma verdadeira loucura. E temia, pelas crianças, o tipo de mercenárias que tal proposta atrairia. Assim, tinha esperança de ajudar não somente seu irmão, mas as duas crianças também. Enzu ficou impressionado com a audácia de sua funcionária. E as coisas que ela lhe falara sobre as falhas em sua proposta e as consequências que poderiam trazer às crianças o fizeram pensar. O destino parecia ter lhe enviado a candidata ideal e, apesar de não ter se animado muito à princípio, agora a ideia de uma esposa de verdade lhe parecia tentadora. Mas os dois eram muito diferentes. Será que um relacionamento que começara de forma tão incomum poderia se transformar em algo real e duradouro?

Desde que o livro foi lançado eu tinha vontade de lê-lo. Aproveitando minhas férias, finalmente consegui fazer isso. O livro começou muito bem. O começo é bem tenso, pois começa com uma situação bem delicada envolvendo Toby, o irmão de Audrey. Não considero um spoiler, já que isso é revelado logo nos primeiros parágrafos, então lá vai: aos 12 anos, Toby contou aos pais que era gay. Os pais, que tinham certa posição na sociedade e eram bem intolerantes, expulsaram o rapaz de casa. Os dois irmãos mais velhos apoiaram a atitude dos pais e renegaram o garoto junto com ele. Apenas Audrey o apoiou e acolheu e, desde então, ambos foram rejeitados pela família. Com essa rejeição, Audrey, que estava na metade de sua faculdade, acabou perdendo o apoio financeiro dos pais e viu a vida se complicar. Se sentindo culpado pela situação da irmã, Toby achou que ela estaria melhor sem ele e tomou uma atitude drástica e desesperadora. Superado o trauma, eles ficaram mais unidos do que nunca e foi muito lindo acompanhar o amor, apoio e dedicação que Audrey tinha pelo irmão. Não por obrigação, mas realmente por amá-lo do jeitinho que ele era. Outra coisa legal foi o primeiro encontro dela com Enzu, toda corajosa, sem papas na língua, invadindo o escritório do chefe. Fui ficando cada vez mais empolgada com o livro.

Lá pra metade, o ritmo caiu um pouco. Enzu nunca se posicionava se Audrey seria ou não a escolhida pra ser sua esposa e mãe dos sobrinhos dele, que agora estavam sob sua guarda. Claro, há um motivo pra isso que é revelado mais pra frente, então acabei relevando isso. Mas foram acontecendo outras coisas que foram frustrantes, como a não primeira vez deles. Não vou falar o que aconteceu, vamos apenas dizer que ele resolveu o problema — o dele e o dela — com as próprias mãos e ficou por isso mesmo. Isso, somado ao final bem corrido, acabou prejudicando um pouco a história. Mas, pelo menos, tem epílogo que, mesmo não tendo uma passagem de tempo significativa, esclareceu algumas coisas e foi bem fofo. Então, no final das contas, acabou valendo a pena a leitura.

Processo De Sedução tinha potencial para ser muito melhor do que foi, mas mesmo assim tem o seu charme. Não é o melhor livro da autora que li, mas não me arrependo não. Foi uma boa distração!


Capa Original:


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

15 comentários :

  1. Oi Suelen, tudo bem?
    Adorei a premissa do livro, e lendo sua resenha fiquei interessada em conferir.
    Se topar com ele em alguma banca, sebo, sei lá onde vou garrar e ler... kkkk
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Espero que goste. Não foi o melhor da autora que li, mas não me arrependo não, hehe!

    ResponderExcluir
  3. Oi Suelen!
    Gostei da ideia do livro, a protagonista tem uma história de vida bem complicada. Parece ser uma leitura tranquila pra passar o tempo.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. E é mesmo, do tipo que se lê rapidinho! :a

    ResponderExcluir
  5. faz tempo que não leio algo dela, gosto bastante da autora, mas sei não se encararia esse, quero histórias fofas, românticas e sempre com um bom ritmo de construção
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Poxa Suelen, eu lendo toda empolgada a resenha acompanhando seu entusiasmo, mas quando entendi na entrelinha e você confirmou que perdia o ritmo, bateu uma frustração, imagine se estivesse lendo. kkk
    No entanto eu gostei da ideia, e ao menos se me aventurar sei o que esperar e a expectativa controlada evitará decepção. =)
    E bem curiosa pelas crianças.

    ResponderExcluir
  7. Pois é, meninas, lá pro final o ritmo foi caindo um pouco.... :b
    E as crianças poderiam ter aparecido um pouquiiiiinho mais também.
    Mas, mesmo tendo potencial pra ser melhor, até que foi uma leitura agradável! :d

    ResponderExcluir
  8. Uma pena que no começo é bom e depois perde o ritmo, tinha tudo pra ser um ótimo livro :/
    Beijos ♥
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  9. Oi Suelen,
    Não conhecia esse da Lucy, minha primeira experiência com romance dela..não foi muito boa haha
    Mas adoro romances envolvendo crianças e gostei do plot do irmão...e pelo que vejo tem climinha natalino..adoro também!

    bjs e tenha uma ótima terça
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia nenhum livro dela, mas gostei bastante da história... Tenho que começar a me arriscar por esse gênero!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
  11. Não é o melhor livro que já lo, meninas.... mas tem lá o seu charme! :d

    ResponderExcluir
  12. Minha nooossa!!! Mais uma esposa de "conveniência" para cuidar das crianças, mas curti a parte do apoio dos irmãos. Que pena que a autora ão manteve o pique dava muito pano para a manga só pelos topicos abordados... Vou ver se leio esse da Lucy, ela escreve muito bem.

    :*

    ResponderExcluir
  13. Pois é.... e o detalhe é que depois desse peguei outro livro que o mocinho tb ficava com a guarda do sobrinho e a mocinha ia lá tomar conta, hehe.

    ResponderExcluir
  14. Oi Suelen,
    Gostei muito da sinopse do livro, uma pena que ele não tenha alcançado todas suas expectativas e muito ruim quando isso acontece.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. E o que é mais triste é que a história tinha potencial pra ser melhor....

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates