segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Aya Ling - Princesses Don't Get Fat

(Não disponível em português)

Título Traduzido: Princesas Não Engordam
Protagonistas: Príncipe Ralph Leventhorpe de Riviera e Princesa Valeria de Amaranta


Série Princess 01
 
Um romance estilo conto de fadas com uma mocinha tamanho plus-size e muita sobremesa.

A princesa Valeria de Amaranta é gorda, mas não se importa. Tudo o que ela deseja fazer é comer e levar uma vida ociosa. Quando se torna evidente que não conseguirá arrumar um marido, sua mãe decide enviá-la para a Academia Real de Riviera de Artes de Combate. Para uma princesa gordinha que nunca ergueu uma espada, a vida na Academia é uma tortura. O pior de tudo, a comida é terrível. 

Valeria decide melhorar a cozinha de Riviera esgueirando nas cozinhas do palácio e oferecendo-lhe sua experiência, sem nunca imaginar que o príncipe herdeiro se interessaria em seus passeios à cozinha. Conforme eles passam mais tempo juntos, a princesa deve decidir se deve emagrecer ou ficar na cozinha com sua amadas sobremesas e permanecer gorda.

Esse livro é bem curtinho. A princesa Valeria é plus size mesmo. Não é só gordinha, como vemos em muitas histórias. Esqueça 
Bridget Jones, ela é uma Gisele Bündchen em comparação. Valeria é do tipo que não pode usar salto alto porque eles quebram com o seu peso, que os botões do vestido arrebentam, voando pra todos os lados. Vou dizer: eu sou gorda. Sou mesmo. Mas nunca quebrei um salto nem arrebentei roupas. Então dá pra ter ideia de como é nossa mocinha. No livro diz que quando Valeria fica no vão da porta, ela encosta nos dois lados. Nunca havia lido um livro com uma mocinha realmente gorda, obesa até, diria eu. E foi isso que me chamou a atenção nesse livro. Com um resumo tão atraente, não teve jeito: parei todas as minhas leituras e peguei o livro. E foi aí que o problema começou.

Estava tão empolgada que acho que superestimei a história. Eu nunca abandono um livro depois que começo a lê-lo, por pior que seja. Mas confesso que pensei em largar a leitura ainda no primeiro capítulo. Mas segui em frente. Valeria come o dia in-tei-ro. Foi algo tão surreal que chegou a chocar. Ela tinha apenas 16 anos e não tinha uma ocupação sequer no palácio, a não ser comer. Ah, eu gosto de comer. Mas não daquele jeito. Isso não é normal. Nem saudável. Eram dois cafés da manhã, regados a tortas e muitas outras gordices. Mais almoço, outro lanche, jantar, ceia, e mais um lanche antes de dormir. E ela comia tudo so-zi-nha. Mal acabava de comer e já estava com fome novamente. A única função das servas dela era trazer comida pra ela. A princesa nem saía do quarto, ficava na sacada, onde tinha sua mesa e cadeira (reforçada, pra aguentar seu peso) e comia o dia todo. Gente, não estou exagerando não, sempre que ela aparecia, estava comendo. A mãe dela, a rainha, estava se preocupando, porque a filha estava engordando muito e poderia não encontrar um marido (pois é, se preocupar com a saúde ninguém nesse livro quis). Depois de uma competição pela mão de Valeria que acabou tragicamente, com direito a vestido enfeitiçado para ela parecer mais magra pedindo arrego e arrebentando, revelando suas reais formas para todos do reino (que não faziam ideia de como era a princesa), Valeria até tentou fazer uma dieta. Mas não durou nem três dias e ela voltou a comer ainda mais, pois segundo ela preferia ficar cada vez mais gorda e solteira do que se privar de seus doces. Assim sendo, a rainha mãe resolveu enviá-la para a Academia Real de Riviera de Artes de Combate.

Valeria é princesa do reino de Amaranta, e Riviera é o reino soberano, acima de todos os outros reinos. Não vou entrar em detalhes, mas quase não vemos a academia. Sabe o porquê? Porque a princesa logo descobre a cozinha de Riviera e o livro se passa praticamente lá, na cozinha. Assim que acabava os treinamentos da academia (nos quais ela era péssima, diga-se de passagem) ela já corria pra cozinha e ensinava novas receitas ao chefe de lá (comendo tudo depois, claro). Resultado: ela fica ainda mais gorda do que quando saiu de Amaranta (e isso porque ela corria todas as manhãs, por conta da Academia). Ralph, o príncipe herdeiro de Riviera, é um dos instrutores da Academia. Acaba ficando amigo de Valeria, gosta dela, mas o romance é sufocado pela comida. Verdade, a princesa passa mais tempo na cozinha com os cozinheiros do que com o príncipe. E quando eles estão juntos, ela está comendo. O casal não tem química, fica difícil acreditar no amor dele, ainda mais com o pedido de casamento dele, do tipo: "não quero me casar, sou muito novo, mas se for o único jeito de você ficar aqui, então vamos lá, né?!". E, me desculpem pelo spoiler a seguir, mas tenho que dizer: NÃO TEM UM BEIJO SEQUER NESSE LIVRO. No máximo um aperto de mão. E a autora ainda fez um conto de dia dos namorados que tinha tudo pra ser um bom epílogo, mas que continua do mesmo jeito: sem romance e sem beijo.

A história prometia, mas no final das contas foi tão frustrante que não recomendo a leitura, a não ser que estejam mesmo curiosos. O livro é o primeiro de três (pelo menos, até agora). Os próximos dois livros contam a história do irmão e irmã do príncipe Ralph. Li alguns comentários sobre o segundo livro dizendo que ele é bem diferente desse primeiro aqui, que tem mais ação e tudo mais. Mesmo não tendo gostado do primeiro, se tiver oportunidade lerei os outros. O terceiro tem tudo pra ser o melhor dos três, porque aqui já conhecemos a princesa Elaine, irmã caçula de Ralph que, com apenas 6 anos, já é a mais espertinha do castelo e apronta muuito. Adoraria ler o livro dela. Quem sabe um dia, né?! E que os outros sejam melhores.



O livro Princesses Don't Get Fat está disponível gratuitamente em diversos sites de venda de e-books, como o Smashwords. Também pode ser lido no Wattpad. Não sei até quando o livro ficará free, no site da Amazon.com ele estava, mas não está mais. Então se quiser ler, aproveite enquanto há tempo.



Série Princess:

01- Princesses Don't Get Fat - Príncipe Ralph Leventhorpe de Riviera e Princesa Valeria de Amaranta
02- Princesses Don't Fight in Skirts - Príncipe James de Riviera e Princesa Arianna de Linderall
03- Princesses Don't Become Engineers - Príncipe Bran e Princesa Elaine de Riviera

*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

14 comentários :

  1. poxa, até que a história é boa, mas nenhum beijinho? unzinho? que pobreza!
    eu até que gostei do enredo, mas assim não dá!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Menina, parece até mentira que uma história com um enredo aparentemente tão bom assim tenha sido uma grande decepção... :f

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa, mas esse final frustrante me deixou com os dois pés atrás...
    Acho que só o lerei se ele cair de paraquedas no meu colo hehhe Não vou procurá-lo mas se por acaso encontrá-lo por ai darei uma chance.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ele meio que caiu de paraquedas pra mim tb. Não me arrependo de ter lido, mas esse é um que não irei reler não....

    ResponderExcluir
  5. Nossa Suelen, que loucura!
    A premissa era tão boa, eu também tinha me empolgado com a sinopse, mas ela não poderia ser uma gordinha normal e viver um romance DECENTE de contos de fadas? Afinal as gordinhas também amam e são amadas!! Brochei :r
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  6. Pois é, Elis. Não achei nada lisonjeira essa história não. Como se gordo não fizesse outra coisa na vida a não ser comer. Decepcionante... :b

    ResponderExcluir
  7. Gostei do fato da protagonista não ter um padrão de beleza convencional, mas é uma pena que a personagem tenha sido tão estereotipada, o que chegou a ser até um desrespeito. Que horror!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Um desperdício mesmo. Tinha tudo pra dar certo. Mas não deu... :f

    ResponderExcluir
  9. Sério? Passarei longe desse livro, nossa!

    Beijoca!
    www.modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Pois é, menina... parece até mentira, mas o livro foi bem assim mesmo.... :b

    ResponderExcluir
  11. Nossa, como pode um livro que tem uma premissa tão boa, decepcionar tanto né!?
    É uma pena quando lemos um livro e ele nos surpreende de forma negativa.
    Uma pena =/

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  12. Nossa, nem me fala. Ainda mais quando se cria uma expectativa sobre ele tão grande quanto eu criei. Uma pena mesmo.... :f

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que pena que o livro é assim.
    Gostei da sinopse e a premissa do livro é boa. Do tipo que não encontramos por aí a toda hora.
    A autora ao invés de mostrar que uma pessoa gorda também ama, quer ser amada, é inteligente e tal, criou uma personagem que só fez denegrir ainda mais as pessoas cheinhas como eu...
    Vou te dizer amiga, não leria.
    Mas, sua resenha está ótima e gostei da sua sinceridade.
    Bjus

    ResponderExcluir
  14. Denegriu mesmo. A mocinha ficou bem estereotipada. Uma lástima.... :b

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates