segunda-feira, 7 de abril de 2014

Diana Palmer - Cavaleiro da Meia-Noite

Título Original: Midnight Rider
Protagonistas: Eduardo Rodrigo Ramirez y Cortes e Bernadette Barron
Rainhas do Romance 85


Dois amantes improváveis prestes a encontrar o amor onde menos esperam…

Sudoeste do Texas, 1900

A fortuna e o futuro do rancho do conde espanhol Eduardo Cortes correm perigo. Tragédia, problemas financeiros e pressão familiar o obrigam a buscar um casamento de conveniência. Ao encontrar Bernadette Barron vagando apavorada e desarrumada depois de um baile da alta sociedade, ele sabe que sob a sujeira se esconde uma mulher rica e linda. Mas Bernadette será apenas mais uma dor de amor? Ou Eduardo finalmente conheceu alguém com o poder de salvar seu rancho e curar seu coração? Ele pode dar a Bernadette um título de nobreza… Mas corresponderá aos sentimentos dela? Olhando no fundo dos olhos penetrantes do marido, Bernadette percebe sua frieza calculista, ao mesmo tempo em que é dominada por uma excitação apaixonada. O grande desejo que os consome será suficiente para superar os crescentes desafios que enfrentam e proporcionar a Bernadette o amor que tanto almeja?


Colston Barron fizera fortuna com as ferrovias. Mas ainda havia algo que não conseguira conquistar: um título de nobreza. E ele pretendia consegui-lo através de sua filha Bernadette Barron, por meio de um casamento de conveniência. Mas isso era a última coisa que a jovem queria, tendo conseguido espantar mais candidatos do que seu pai poderia imaginar. Ela queria ser livre para fazer suas próprias escolhas. Mas acima de tudo, era secretamente apaixonada pelo seu misterioso e taciturno vizinho, o conde espanhol Eduardo Cortes. Ela conseguia esconder esse amor com um antagonismo que fazia com que eles discutissem todas as vezes que se viam. Por isso, apesar de seu título nobreza, Eduardo seria a última pessoa com quem o pai dela pensaria em casá-la.
Eduardo precisava de dinheiro para salvar seu rancho e um casamento de conveniência era a melhor saída. Assim ele fez a proposta a Bernadette: ela conseguiria a liberdade da opressão de seu pai que tanto sonhara, ele conseguiria o dinheiro para salvar seu legado e o pai dela conseguiria o título de nobreza que sempre quisera. Era o arranjo perfeito, pois ele carregava marcas em seu passado que tornavam um casamento por amor completamente inviável. Por isso, Bernadette resolveu manter seu amor em segredo e aceitar a proposta. Mas quanto mais ficavam juntos, mais difícil ficava fazer do relacionamento uma mera conveniência. Logo, Bernadette começou a ter esperanças de um dia conquistar seu coração. Mas quando uma rival aparece em seu caminho, seria o seu amor arma suficiente para vencer essa batalha?

Mais um romance histórico da titia Palmeirão lançado pela Harlequin! E ele é muito bom! Bernadette é uma mocinha porreta. Sim, ela vive sob a opressão do pai que não liga muito pra ela, que só a vê como um meio para chegar a um objetivo (o título de nobreza) e sim, ela é asmática (não é spoiler, diz isso logo na primeira página), mas de forma alguma ela faz a mocinha indefesa. Mesmo quando tem que enfrentar uma velha megera e uma gostosona periguete, ela não titubeia. Pega logo um jarro de creme e despeja na senhora, com um beijinho no ombro que é pro recalque passar bem longe (ok, isso foi spoiler. Desculpem, não resisti). Eduardo tem "Rodrigo Ramirez" no sobrenome (nome completo da criatura: Eduardo Rodrigo Ramirez y Cortes), mas está longe de ser um ogrão tão grande quanto o protagonista de "Coragem" (Homens do Texas 38). Oh, não se engane, ele teve seus momentos ogro-jumento-cavalo-do-caramba. Mas não foi nada que nossa valente mocinha não pudesse lidar. E também não durou muito não.

E já que citei o Rodrigo Ramirez, algumas pessoas me perguntaram pelo facebook se ele e Eduardo Cortes são parentes. Em minhas pesquisas, não encontrei nada que afirmasse ou negasse o fato. Mas se eu fosse dar um palpite, eu diria que é possível. Afinal, em "Coragem" (livro do Rodrigo Ramirez) é dito que ele descende da aristocracia espanhola. Não creio que ele seja um descendente direto (afinal, o sobrenome de Eduardo é "Ramirez y Cortes"). Mas creio que possa haver uma ligação, nem que seja leve. E já que é pra conjecturar, que tal chutarmos o balde e viajarmos de vez?! A parte "Cortes" do sobrenome de Eduardo também me chamou a atenção, me fazendo lembrar de Jeremiah Cortez (Antes do Sol Nascer). Apesar do primeiro se escrever com "s" e do segundo se escrever com "z", o fato é que em Antes do Sol Nascer Jeremiah Cortez diz que seu bisavô era espanhol. Seriam ramificações da mesma família? Estariam Eduardo, Rodrigo e Jeremiah ligados geneticamente, de alguma forma? Quem sabe, né?! #Viajei

Teorias à parte, o fato é que o livro é excelente! A mocinha é top, uma das melhores já criadas por Diana Palmer (ao lado de Gretchen, Alice Jones e Meredith Ashe, por exemplo). Claro que esse eu recomendo também!


Capas Originais:

*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

20 comentários :

  1. Suelen, oi!
    Li esse livro e corri aqui pq vc é a maior autoridade de DP que conheço, só que não tinha nada :/
    Adorei quando vi que sua resenha desse livro saiu!! A minha ainda tá no rascunho! Adoro quando vc faz toda essa ligação, eita cabeça boa, hein?
    Beijos
    Fabi!

    ResponderExcluir
  2. Pois é, menina.... acredita que tenho resenha pra postar desde 2012 e não coloquei aqui? rsrs....
    A cabeça não tá lá essas coisas não.... tenho meus arquivos aqui pra me ajudar a lembrar, kkkkkkk :c

    :g

    ResponderExcluir
  3. aprendi a gostar da tia Diana por você rsrs
    seus mocinhos ogrinhos e suas mocinhas tempestuosas me cativam!
    estou louca para ler esse livro, preciso ir ao sebo e achá-lo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é ótimo e a mocinha é show!!! :s

    ResponderExcluir
  5. Oi, Suelen. Tudo bem?

    Ameeeeiiiiiii sua resenha! Desde o lançamento que quero ler esse livro.:u

    Beijos
    Lu do Blog Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  6. Su,

    AMEI O LIVRO! Ameil "EL CONDE"!!! E adorei a sua resenha!
    Sabe, esse livro foi uma grata surpresa. Embora eu ame de paixão a diva Diana Palmer, esse livro é um achado! Porque é diferente dos outros livros dela....eu me encantei com a história.
    E sim: a mocinha é porreta! E concordo com você: ela merece estar ao lado da Gretchen e da Alice Jones!

    beijos,
    Joely

    ResponderExcluir
  7. Lu, vc vai amar, tenho certeza!!!

    Jô, é diferente mesmo. Claro, tem aquele toque dela que já conhecemos, mas no geral foge dos padrões! E mocinha porreta é o que há, né?! Hehehe!!!! :s

    ResponderExcluir
  8. Oi Suellen, a capa está linda também, diga-se de passagem. Este eu ainda não li, aliás, já estou indo separar uns dois livrinhos da DP para me deliciar.
    Bjs< Rose

    ResponderExcluir
  9. Sempre muito envolvente tramas assim, histórias que valem a pena ler.
    Parabéns pela resenha.
    Adorei seu blog, visite o nosso, será uma satisfação. Se gostar e tiver interesse em seguir, só nos avisar que iremos retribuir com muito carinho.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  10. Fazia um tempinho que eu ñ lia nada da DP, hehe. Mas depois, me esbaldei, kkkkkk

    Ah, e siiim, a história é maraaaa!!!!! :s

    ResponderExcluir
  11. Comprei o livro na segunda, mas tinha ouvido comentários tão ruins que fiquei desanimada. Depois da sua resenha coloco mais confiança no livro e seu que vou gostar da história!
    Parabéns pela resenha!

    :a

    ResponderExcluir
  12. Ah, o livro é muito bom sim. Pode ler sem susto, que vc vai gostar!!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Suelen, tudo bem?
    Tem um tempo que não leio nada da DP, mas achei a trama interessante e gostei do fato dela se passar em outra época.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Qndo fico muito tempo sem ler DP logo me dá uma saudade, hehe. Tb tinha tempo que não lia nada novo dela, e eu gostei muito desse livro!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Suelen!

    Fiquei curiosa para ler os livros da Diana e acho que Cavaleiro da Meia noite vai ser uma escolha maravilhosa. :D

    Beijos.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  16. Puxa, leia sim que vc vai gostar. Vai começar com o pé direito, com um livro independente e muiiito bom!!! :a :q

    ResponderExcluir
  17. Suelen, li sua resenha e comprei imediatamente o livro na Harlequin. Estou louca para ele chegar logo...Parabéns pelo seu blog sempre atualizado com as novidade da DIANA. Amoooo! :u

    ResponderExcluir
  18. Ai, tomara que vc goste! Eu ameeeei, o livro é excelente!!!! :u

    ResponderExcluir
  19. Quando soube que era mais um livrinho independente da Diana, corri pra ler! Estou lendo e detestando o pai da Bernadette. Que homenzinho insuportável! Orelhudo!!! :o kkkkk Sinto uma peninha dela...:b

    ResponderExcluir
  20. Olha, cá entre nós, eu devia estar bem sensível qndo li esse livro (mentira, sou chorona mesmo, kkkkk). Chorei muito em certas cenas, sentindo a dor da mocinha.... Não que ela não consiga se defender sozinha, claro. Quanto ao pai detestável dela.... bem, continue lendo e depois me diga o que achou, hehe! :j

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates