terça-feira, 22 de abril de 2014

Diana Palmer - Casamento Acidental (Harlequin Books)

Título Original: Connal
Protagonistas: Connal Cade Tremayne e Penelope Marie Mathews (C.C. e Pepi)
Primeiros Sucessos 43

Série Homens do Texas 06
Irmãos Tremayne 01


Uma noiva tímida…

Penelope Mathews é fascinada por C.C. Tremayne desde a adolescência. Até que uma noite ele bebe demais e parte para o México em busca de confusão. Para impedir que C.C. termine na cadeia, Pepi se casa com ele! Quando o porre passa, o caubói cai na realidade e fica indignado. A última coisa que ele precisa é de uma noiva virgem. C.C. exige anulação imediata! Contudo, quanto mais tempo passam juntos, mais ele percebe que não quer o divórcio… ele deseja Pepi!.


Outros personagens de Diana Palmer que aparecem ou são citados aqui:


Eu já havia feito uma resenha sobre o livro depois que o li em inglês, em Junho/2012, antes da Harlequin lançá-lo em Dezembro/2013. Para ler o que achei do livro, clique aqui!

Fiquei muito feliz quando soube que a Harlequin lançaria esse livro (oh, sim, um lançamento da Diana Palmer sempre me deixa feliz, hehe). Eu já tinha lido a versão da falecida Nova Cultural, a versão original em inglês e agora li a versão Harlequin. Já deu pra notar como gosto dessa história, né?! C.C. com todo aquele jeito homem-do-Texas-traumatizado e Pepi uma mocinha fora dos padrões de beleza (leia-se: acima do peso) conquistaram meu coração. É um livro da titia Palmeirão, então com certeza não pode faltar: periguete, um outro pretendente para mocinha – que é pro mocinho morrer de ciúmes – os eventuais ataques de ciúmes, mocinha inocente e, claro, ataques de ogrisse do nosso mocinho. Mas relaxa, que C.C. é um ogro bonzinho, nem dá pra assustar muito não. Repito, para saber mais sobre a história do livro (e minha opinião sobre ela), clique aqui.

E como em toda resenha minha da Diana Palmer, queria fazer um comparativo entre as versões Nova Cultural, Harlequin e original. Quando um livro de minha autora favorita é lançado, sempre me faço a pergunta: "será que estará fiel ao original?". Pretendo não me alongar (muito) no assunto, então é o seguinte: sobre a versão original, lógico, não há o que dizer. É a original, então está completa (e foi lançada antes dos lapsos de memória da titia Palmeirão, o que significa que está sem erros). Sobre a versão Nova Cultural, não precisava nem ler o original pra saber que tinha cortes. O livro foi lançado junto com outro (Caminhos da Sedução – HT 8) e ambas as histórias tiveram cortes, mutilações, resumo das conversas e, em Caminhos da Sedução, a mocinha teve até o seu sobrenome alterado. Uma vergonha! Mas isso é assunto para uma outra resenha. E por último, mas não menos importante, temos a versão Harlequin. Está completa? Hmmm, no geral, posso dizer que está. Mas eu tenho 2 correções e 2 observações para fazer:
  • Capítulo 4, página 72: Pepi está contando ao C.C. o que ele falou sobre ela quando estava bêbado e que a magoou. Entre outras coisas, ela conta a C.C. que ele disse: "Que eu não passava de uma garota". Daí eu pensei: essa menina se magoou por ele dizer que ela não passava de uma garota???. Como já tinha lido o original, sabia que não era exatamente aquilo que ele falava. Na verdade, a palavra usada por ele para GAROTA foi TOMBOY, que em inglês é usada para denominar aquelas meninas que parecem um menino, seja na aparência ou no modo de agir. Então, no lugar de "garota" eu usaria outra palavra, algo como: molequinho, Maria João, menininho. Ou então colocaria logo que ela "parecia mais um menino". Qualquer outra coisa que fizesse com que o leitor entendesse o sentido da frase.
  • Capítulo 11, página 231: Quando Pepi vai visitar Jacobsville, é dito que sua sogra "Mostrou-lhe o imenso curral de engorda (de gado) dos Ballenger, recém-comprado por um novo morador local". Como assim um novo morador comprou o império dos Ballenger? Na verdade, faltou um trecho. No original diz: "Mostrou-lhe o imenso curral de engorda (de gado) dos Ballenger E A ANTIGA CASA DOS JACOBS, recém-compradA por um novo morador local." Ou seja, foi a antiga casa dos Jacobs que foi comprada por um novo morador. Quem leu "Aprendendo a Amar" (Homens do Texas 02) viu que o livro já começa com essa tal casa indo a leilão. É daí que parte toda a história de Shelby e Justin. Ah, na versão da Nova Cultural para "Casamento Acidental" essa cena nem sequer é citada, diga-se de passagem.
  • OBS 1: Uma coisa que adoro nas histórias da Diana Palmer são quando os mocinhos chamam as mocinhas de "little one". Na maioria das traduções dos livros da titia, o termo é traduzido como "pequena". Sei lá, me derreto todinha quando um TDB chama sua mocinha de pequena. Nesse livro, a palavra utilizada foi "pequenina". Veja bem, isso não é um erro de tradução nem nada. Não há nada de errado com pequenina. Só quis colocar aqui minha opinião de que prefiro "pequena". Não é uma reclamação nem muito menos uma crítica. Só uma questão de gosto pessoal.
  • OBS 2: Mas uma coisa que me incomodou mesmo foram os pequenos cortes em alguns parágrafos. Nunca uma conversa inteira, graças a Deus, mas algumas frases que deixavam o texto todo especial foram suprimidas. Uma pena. Mas não foram muitas (novamente, graças a Deus) e não foi nada que interferisse na história não (bom, exceto por aquele trecho do capítulo 11 que mencionei acima). É só que, quem me conhece, sabe que sou meio maníaca pelos detalhes, e não conseguiria sossegar se não expusesse meu ponto de vista aqui, rs…

Mesmo com todas essas observações, essa é a versão mais completa e fiel que temos. E a história vale muuuito a pena. Nossa, como eu gosto desse livro! Alguma dúvida de que recomendo? Não só recomendo, como assino embaixo!

E para saber mais sobre a série "Homens do Texas" e os livros/séries conectados à ela, bem como a ordem de leitura de todos elesclique aqui.


Série Homens do Texas:

Relação atualizada dos livros da série nesse link aqui.


Capas Originais:


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

10 comentários :

  1. adoro as suas resenhas, não só pela resenha em si, mas por todo o conteúdo extra que você traz!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Suas resenhas são maravilhosas, sempre super completas, adoro!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  3. Oi Suellen, eu tive o prazer de ler este livro, muito gostoso.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Oi Su!!
    Já li esse livro e lembro que foi bem divertido acompanhar esse casamento que "foi sem querer querendo" :o
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  5. E bota "querendo" nisso, hehehe!!!! :o

    ResponderExcluir
  6. bom dia..... eu gostaria de saber como baixar livros... estou querendo tanto ler a serie Homens do Texas e nao consigo baixar!
    desespero total kkkkkk :b

    ResponderExcluir
  7. Oi Luciana! Então, o blog não disponibiliza links dos livros, só as resenhas mesmo. Mas procura no google que vc encontra. :d

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates