segunda-feira, 5 de março de 2012

Day Leclaire - Somente a Negócios

Título Original: Mr. Strictly Business
Protagonistas: Gabe Piretti e Catherine Haite
Harlequin Special 20

Gabe Piretti, “o Pirata”, gigante dos negócios.
Características: Rico, impiedoso... e incansável!
Missão: Reconquistar a mulher que lhe escapou.

Ela escapou dele uma vez, e Gabe Piretti jamais se esqueceu da mente estratégica ou das curvas do corpo de Catherine Haite. Seus planos para trazê-la de volta já estavam sendo traçados quando ela lhe pediu ajuda para salvar sua empresa da falência. Gabe usaria o desespero de Catherine para conseguir o que queria: ela. Mas o que aconteceria quando ele tivesse que escolher entre os negócios e o prazer?


Há dois anos, Catherine Haite abandonou Gabe Piretti sem nenhuma explicação, além de um breve bilhete. Apesar do longo tempo que não se viam, Gabe ainda tinha esperanças de trazer Cate de volta à sua vida. E essa oportunidade surgiu quando ela apareceu, inesperadamente em seu escritório lhe pedindo ajuda para descobrir o que estava acontecendo de errado com sua empresa e lhe ajudar a salvá-la. Ele estava mais do que disposto a fazê-lo, desde que ela concordasse em voltar para ele, para sua casa e para sua cama. Cate não pensou duas vezes em recusar o pedido. Passara os dois últimos anos construindo barreiras e tentando se convencer de que não sentia mais nada por aquele homem. Não poderia simplesmente esquecer tudo o que acontecera no passado e voltar como se nada mais importasse. Mas uma série de incidentes inexplicáveis a forçaram a aceitar tal proposta. Por sua vez, Gabe não estava em busca de vingança ou de uma revanche. Ele apenas queria a mulher que amava novamente em sua vida, e estava disposto a fazer tudo dar certo dessa vez. Mais do que salvar a empresa de Cate, o maior desafio seria reconquistar sua confiança e provar que poderia ser o homem com quem ela sempre sonhou!

Geralmente, não me sinto atraída por livros onde o mocinho oferece ajuda a mocinha em troca de levá-la para cama. Geralmente passa uma ideia muito barata e — que me perdoem os amantes do gênero — me dá a impressão de que tudo não se passa de uma forma mascarada de prostituição. Forte demais isso? Não, pois veja bem: a mocinha estaria 'vendendo' o corpo em troca de algo que o mocinho ofereceria. Por mais romântica que fosse o invólucro da coisa, ainda assim tenho esse tipo de sensação quando vejo um livro com esse enredo, me deixando com um gosto amargo na a boca e com um pé atrás. Mais não foi isso o que aconteceu em "Somente a Negócios".

Pensem em um mocinho fofo. Agora pensem em uma mocinha que não abaixa a cabeça, não se deixa humilhar e ainda sabe ameaçar — literalmente — a piriguete de plantão, na maior categoria. Então vocês com certeza estão pensando em Gabe e Cate. O que mais me chamou a atenção foi saber que Gabe a amava desde o início do livro. Já no primeiro capítulo nos deparamos com essa cena:
— Por que, Gabe? — perguntou suavemente, jogando a pergunta sobre o ombro. — Por que as condições?
— A verdade?
— Se não se importa.
As palavras saíram baixas e ásperas, a honestidade brutal tornando-as ainda mais devastadoras.
— Não se passa uma só noite em que não a deseje ardentemente, Cate. Nem uma só manhã surge sem que eu estenda a mão procurando por você. Quero pôr um fim à dor. Da próxima vez que estender a mão, quero que você esteja lá.

Capítulo 1, página 21
Como falei no início, Gabe não está atrás de vingança. Quer apenas saber o que deu errado no relacionamento deles, para fazer tudo certo dessa vez. E ele a trata com tanto carinho... e se martiriza tanto pelos erros do passado, por não lhe ter dispensado toda a atenção que ela merecia, principalmente quando tinha que escolher entre passar um tempo com ela ou fechar um negócio. É impressionante como as coisas podem se tornar complicadas com a simples falta de um diálogo aberto e sincero, não é mesmo?! Creio que este era o maior problema deles, como casal. Há dois anos Cate fugira, em vez de encarar a situação à sua frente, junto com Gabe. Nem ao menos lhe deu uma chance para lutar com e por ela.

Mas agora temos uma mulher muito mais madura. E um homem que aprendeu — com muito sofrimento — a definir suas prioridades. E claro, como não poderia faltar, temos Roxanne Bodine, a secretária piriguete e mal caráter de Gabe. Mas não se preocupem, Cate sabe lidar com ela muito bem. Ah, se sabe...

Esse é um livro curtinho, mas lindo! Teve umas pequenas reviravoltas no final que me deixaram um pouco surpresa, rs.... Pra ser perfeito, só faltou mesmo um epílogo (sim, o livro gritava por um). Mesmo assim, esse vale muito a pena ser lido. Se tornou um dos meus intocáveis!


Capa Original:


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

2 comentários :

  1. Suelen
    Amei a resenha e o enredo dessa verdadeira "NOVELA"!
    E que capa amiga :P Difícil fugir de um desses :e
    Realmente diálogo é tudo na vida, principalmente entre os que se amam :T
    Beijos...Elis.

    ResponderExcluir
  2. É, essa capa é mesmo um arraso, né?! :o

    :g

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates