sexta-feira, 4 de junho de 2010

Diana Palmer - Bound By A Promise

(Não disponível em português)

Título Traduzido: Presa Por Uma Promessa
Protagonistas: Garet Cambridge e Kathryn Summers
 
Ele não podia saber da verdade…

Garet Cambridge era o homem mais atraente que Kathryn Summers já conhecera. Alto, sombrio, dominador… e agora ficara cego por uma reviravolta do destino.
Kathryn estava arrasada de remorso e culpa, pois ela causara o inevitável acidente que lhe custara a visão. Ela jurou pagar sua dívida para com ele e passou incessantes horas de trabalho como sua assistente. Kathryn sabia que se Garet descobrisse a verdade, ela o perderia para sempre. Mas ela estava presa por uma promessa… e presa pelo amor.


Kathryn Summers estava passando um tempo na casa do lago com sua patroa, e lá conheceu o milionário Garet Cambridge. Foi um caso de aversão a primeira vista. Eles haviam discutido porque ela estava a toda velocidade com o barco no lago. Depois discutiram porque ela estava sentada na propriedade dele. Ele a expulsou do lugar, e depois de um tempinho, rebelde como ela só (e também querendo esquecer de alguns fantasmas do passado), ela pegou o barco de novo e foi outra vez para o lago. A toda velocidade. Distraída com a sensação de liberdade, fechou os olhou e abriu os braços (sim, ela largou a direção!!!!) e quando os abriu novamente, viu que Garet estava nadando logo à sua frente, e que não teria tempo para desviar. No meio de toda essa confusão ele tentou mergulhar (não sem antes reconhecer a impertinente jovem a quem expulsara de sua propriedade minutos antes), mas não teve muito tempo, sofrendo assim o acidente.

Kathryn ficou super preocupada, e ao tentar ir atrás dele, reparou que ele não estava sozinho. Havia um festa na casa dele, e meio apavorada com a fama de "não perdoar nenhum inimigo" que ele tinha, foi embora. Mas ligou para saber como ele estava.

Alguns dias depois, andando pelo lago, ela esbarrou com ele, e para sua surpresa descobriu que o acidente o cegara. Aquilo quase a matou, e ficou com um certo medo do que ele poderia fazer com ela. Mas aparentemente, Garet não se lembrava do acidente, disseram a ele que havia caído e batido a cabeça. E também não reconhecera a voz de Kathryn, o que é compreensível, já que haviam se falado muito pouco. Com muito custo, ela manteve a compostura e eles tiveram uma conversa bastante agradável. E no meio daquela "conversa vai, conversa vem" ele a chamou para ajudá-lo a escrever seu livro. Kathryn sabia que ir trabalhar (e morar temporariamente) com ele poderia ser arriscado. Afinal, ele poderia se lembrar do que realmente lhe acontecera, e também havia uma esperança dele recuperar a visão. Mas como poderia lhe recusar alguma coisa, quando ele estava claramente sofrendo e ela fora a responsável por tudo aquilo??? Assim, aceitou a oferta. E sua vida nunca mais foi a mesma...

Geeente, Garet sabe ser muuuito mal-humorado. E ele avisou isso a ela assim quando aceitou o emprego. Tinha momentos em que ele ia da ternura à grosseria em meio segundo, era impressionante. Principalmente quando ele se desesperava com o fato de não conseguir enxergar. Outro fator que o fazia ficar da pá virada era a diferença de idade entre eles. Ela tem 22 (quase 23, como ela diz, rs...) e ele tem 40. Nossa, teve vezes que ele ficava tão, tão tão.... tão, que fiquei me perguntando: "será que ele já não recuperou a visão e está fazendo terrorismo com ela para puni-la?". Já mais pro final, quando a verdade vem a tona, ele chega ao ápice da grosseria, e ela acaba se machucando. Fisicamente. Não que ele tenha feito algo de propósito, mas também não demonstra nenhum remorso. Ao contrário, ainda diz algo muito cruel. Só que Garet não tinha somado 2 + 2 = 4, ou seja, ele só viu parte da verdade... mas não juntou uma coisa com a outra. Confuso??? Eu sei, mas se eu disser especificamente o que foi, será um big spoiler. Sorry!

Maaaas, o final foi per-fei-to!!!! Principalmente vendo como ele estava sofrendo com suas próprias ações, depois de finalmente ver que 2 + 2 = 4. E quando eu pensei: "pronto, agora ele acaba com ela", ele me vem com a melhor cena de todo o livro, que me deixou com um sorrisinho bobo até agora, hehe.

Destaque para o fiel empregado de Garet, Yama. Ele é oriental, e não fala inglês direito. É bonitinho "ver" ele falando. Yama está há tanto tempo com Garet que neeem esquenta mais com os ataques do chefe. E ainda ameça pregar uma peça nele com jantar, aproveitando que o patrão não pode enxergar: "Espera só pra ver o que eu vou colocar no seu prato...". Também temos na história uma "piriguete", (ex) noiva de Garet, e um repórter bonitão que vai se encantar com Kathryn, pra desespero de Garet, hehe. Adoro quando isso acontece nos livros de Diana Palmer: um outro cara aparece e se interessa pela mocinha, deixando o mocinho subindo pelas paredes de ciúmes!!!!

Bound By A Promise é um romance bem levinho, sem cenas muito calientes (apesar do homem beijar como ninguém) e que a gente lê rapidinho. Uma boa pedida para se ler numa madrugada insone de feriado!!!


Segue abaixo alguns trechos do meu momento favorito no livro. São frases retiradas da "conversa final", portanto leia apenas se não se importar com esse tipo de coisa (eu particularmente não gosto de ver o "final" sem ter visto o "começo", rs...)


“Não me odeie,” ela suplicou, o orgulho reduzido à cinzas enquanto ele a segurava e ela se agarrava a ele.
“Eu poderia odiar uma parte de mim mesmo, pequena?”
“Você nunca esqueceria…”
Seu dedo desceu para cobrir sua suave boca e ele olhou para tranqüilamente. “Kate, eu esqueço de tudo quando seguro você,” ele disse solenemente. “Meu Deus, amor, se você for agora, eu precisarei de uma razão para levantar pelas manhãs. Eu precisarei de uma razão para respirar!”
Ela o encarou com incredulidade, sem ter certeza de que não estava ouvindo coisas. “Mas você é um milionário,” ela sussurrou. “Eu não tenho nada…!”
“Nem eu tenho, sem você,” ele disse abruptamente. Seus olhos queimaram sobre o rosto dela. “Eu não tenho nada, a menos que eu tenha você, está claro o suficiente? Que diabo importa o dinheiro? Você não gostaria de viver numa caverna comigo, Kate? Você não viveria numa caverna comigo se eu fosse um homem pobre? (...) Todo esse amor que eu vejo em seus olhos,” ele sussurrou roucamente, “é tudo por mim, Kate?”
“Você não quer uma ninguém insignificante como eu que….”
“Nunca mais diga isto de novo!” Ele disse com severidade, pegando seu queixo num firme aperto para forçar seu rosto a se erguer para os seus olhos ardentes. “Você não é uma ninguém. Você é minha mulher. Você é a única coisa no mundo que me importa.”
“Eu vou casar com você, Kate,” ele disse despreocupadamente. “Nada de meias medidas para nós.”
“Garet, e se eu não me ajustar no seu mundo?” Ela perguntou com seriedade.
“Então nós faremos o nosso próprio mundo,” ele respondeu simplesmente.

Em off:

Foi só eu, ou mais alguém achou os modelos da capa do livro parecidos com a Nicole Kidman e o Robert De Niro??? rs...

*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

8 comentários :

  1. Nicole Kidman e Jeff Bridges...rs
    Nossa...fiquei super curiosa com esse livro...rsrs
    Será q ele volta a enxergar??Perdoará a mocinha pelo acidente??Será q o acidente foi o real causador da sua cegueira??
    Lol...só lendo p/saber...rs

    ResponderExcluir
  2. kkkkkk

    Eu tb me perguntei tudo isso lendo o livro. E siiim, só lendo pra saber, hehe ;)

    ResponderExcluir
  3. Suelen vc é uma muito má, meu inglês é pessimo, fugi do curso o ano passado e me arrependo nesses momentos...Como vc vai se redimir com as fãs incondicional da Lady Di?? Bricadeira, hein!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu??? Má???? Imagina.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Muitas garotas da AR podem dizer a vontade que a DP, é muitoooooooooooo previsível, mas são livros com estes enredos supermanjados que eu amooooooo, que me faz ser superfã dela, amo DP, BEIJOS.

    ResponderExcluir
  6. Eu tb adoro!!!! Esse jeito da DP de escrever é único, ninguém consegue fazer como ela. Eu leio um livro dela com segurança, pq sei que mesmo que eu passe raiva em alguns momentos, o final eu vou amar!!!!

    ResponderExcluir
  7. Liiiiindo esse livro! Quero que a Harlequin publique...esse diálogo final foi de matar!!

    ResponderExcluir
  8. Muito lindinho mesmo, né?! Uma boa pedida de livro inédito da DP pra Harlequin publicar, é verdade! :q

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates